Bíblia Diária - Para uma leitura diária e frutuosa da Palavra de Deus!
Clique aqui para criar a sua área pessoal

voltar


Leitura do dia:
Hebreus, Capítulo 9

15/05/2012

Moisés construiu para o povo de Israel um santuário. Nele o sumo sacerdote tinha a missão de servir ao povo como intercessor diante de Deus. Este santuário basicamente se tratava de uma tenda elaborada e dividida em duas salas por um véu. A sala maior era chamada o Santo Lugar e a menor era chamada Santo dos Santos.

Um véu separava as duas salas, e simbolizava que o caminho à presença de Deus ainda não estava aberto para a humanidade, apenas o sumo sacerdote poderia se aproximar do Senhor. Quando Jesus morreu na cruz, o véu entre o Santo Lugar e o Santo dos Santos foi rasgado (Mateus 27,51). Deus nos mostrou que o acesso a sua presença era agora disponível a todos, através do sacrifício de Jesus na cruz.

Como os sumos sacerdotes do Primeiro Testamento, Jesus ofereceu sangue na presença de Deus, porém Jesus ofereceu seu próprio sangue, derramado na cruz, e ofereceu-o no verdadeiro santuário, o próprio céu.

Jesus é o Mediador de uma aliança melhor do que as realizadas anteriormente. O sangue de Jesus alcança até os pecados sob a primeira aliança, a Lei de Moisés, o que observamos no versículo 15.

No primeiro Santuário tudo era purificado com o sangue de animais, mas Jesus ofereceu um sacrifício melhor, que pode verdadeiramente obter a redenção do pecado. Todos os demais sacrifícios não se comparam a grandiosidade deste.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:
2



Comentários

roberto kazuyoshi shimoda escreveu:
15/05/2012 às 06:47

"Ele (Jesus) entrou no Santuário, não com o sangue de bodes e bezerros, mas com o seu próprio sangue, e isto uma vez por todas, obtendo uma redenção eterna". (12). Deu de sí mesmo, morreu numa cruz para ser porta de salvação para cada um de nós. O sacrificio de Cristo não pode ficar em vão. De que adianta o sacrificio de Cristo se nós nos perdermos????? Não tem outro porta de salvação. "Eu sou o caminho, a verdade e a vida".

Responder

Jean Corrêa escreveu:
15/05/2012 às 21:33

O véu se rasgou quando Jesus morreu, porque sua morte destruiu tudo aquilo que nos afastava de Deus. Agora, por meio de Jesus, temos acesso livre a Deus, sem precisar de nenhum intermediador, porque o mediador entre Deus e o homem é Jesus, que é Deus e é homem. Quão maravilhoso é o mistério da salvação! Jean Corrêa http://prosadecrente.blogspot.com.br

Responder

Faça seu comentário

Repita os caracteres no campo abaixo:


Antes de conferir a reflexão, faça a leitura do texto bíblico 

Área pessoal




Esqueceu sua senha? Recupere aqui.
Ainda não tem Cadastro? Cadastre-se aqui.





Leituras

Livro - A Bíblia no meu dia-a-dia

Cronograma

Cronogramas


Escolha um livro




Arquivo

 

Total de visualizações de página:

6.979.972


Desenvolvido e Hospedado por Cedilha Comunicação Digital Realização Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora Paróquia Sant'Ana