Bíblia Diária - Para uma leitura diária e frutuosa da Palavra de Deus!
Clique aqui para criar a sua área pessoal

voltar


Leitura do dia:
Gênese, Capítulo 33

28/07/2012

Quando Jacó viu que Esaú vinha chegando com os seus homens, dividiu os seus filhos em grupos. As escravas e os seus filhos ficaram na frente, depois Léia com os seus filhos e por último Raquel e José.

Prudente como era, Jacó não quis correr riscos e usou de uma diplomacia e reverência que nos parecem exageradas: Jacó passou e ficou na frente até que chegou perto de Esaú; então ele se ajoelhou e encostou o rosto no chão, este era um sinal amplamente conhecido de reverência na época, considerado como um sinal de respeito a um superior.

Jacó esperava ganhar o coração de seu irmão, mostrando que ele renunciava por completo à pretensão de qualquer privilégio especial conseguido previamente mediante a traição.

Porém Esaú reagiu de uma forma que Jacó talvez nem sequer sonhasse, saiu correndo ao encontro e o abraçou; ele pôs os braços em volta do seu pescoço e o beijou. E os dois choraram.

Ainda que tivesse podido ficar algum rancor no coração de Esaú, este teria sido vencido pela humildade de Jacó. Não há dúvidas de que Deus trabalhou no coração de Esaú como resposta as orações de Jacó. A amigável saudação de Esaú fazia lembrar a promessa divina tão recentemente concedida a Jacó, e no rosto de Esaú ele podia ler seu bondoso cumprimento.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:
1



Comentários

Ronaldo Paiva escreveu:
30/07/2012 às 00:55

- A Palavra deste capítulo me tocou o coração como sendo um recado de Deus para a nossa comunidade, seja a comunidade Igreja, a comunidade pastoral ou movimento, ou mesmo a comunidade família. \r\nPerguntou Esaú: Quem são estes que trazes contigo? - São os filhos com que Deus presenteou teu servo Jacó. Gn 33, 5\r\n- Deus nos confia pessoas, não para que sejam nossa posse, mas como presentes que devemos cuidar conforme Ele quer.\r\nJacó respondeu-lhe: O meu senhor Esaú sabe muito bem que há aqui crianças franzinas e que trago ovelhas e vacas com crias. Bastaria um dia de marcha forçada e todo o rebanho morreria. Gn 33, 13\r\n- Precisamos cuidar das pessoas que Deus nos confiou conforme suas necessidades, mas tendo um cuidado especial com as mais frágeis: os pobres material ou espiritualmente, os que tem mais dificuldade de relacionamento, os que tem características que nos incomodam.

Responder

Faça seu comentário

Repita os caracteres no campo abaixo:


Antes de conferir a reflexão, faça a leitura do texto bíblico 

Área pessoal




Esqueceu sua senha? Recupere aqui.
Ainda não tem Cadastro? Cadastre-se aqui.





Leituras

Livro - A Bíblia no meu dia-a-dia

Cronograma

Cronogramas


Escolha um livro




Arquivo

 

Total de visualizações de página:

6.977.702


Desenvolvido e Hospedado por Cedilha Comunicação Digital Realização Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora Paróquia Sant'Ana