Bíblia Diária - Para uma leitura diária e frutuosa da Palavra de Deus!
Clique aqui para criar a sua área pessoal

Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 18

Publicado em: 31/01/2013

Absalão havia tomado Jerusalém, mas o exército de Davi reorganiza-se para reconquistar Jerusalém. Davi, ao inicio, quer acompanhar o exército e ir à batalha, mas atendendo a um pedido do povo, não sai à guerra contra seu filho. Envia três generais para que reconquistem o seu reino, mas ordena que poupem a  vida do seu filho.

Depois de uma dura batalha na floresta de Efraim,o jovem Absalão fugiu montado em um burro. Mas, quando passou debaixo dos galhos de um carvalho, sua cabeça prendeu-se em um deles, enquanto o animal passava adiante. E assim morreu, suspenso no galho do carvalho. Davi sentiu a morte de Absalão, filho este, que tentou usurpar o seu lugar no Reino.

Muitas vezes nos envolvemos nos "galhos dos carvalhos" (na mentira e no engano, nas traições, no orgulho, nos apegos e nas coisas que nos aprisionam) e tentamos usurpar o lugar de Deus em nossas vidas. A mensagem deste capítulo nos faz refletir, que o salário do pecado é a morte. O desejo de Deus é que sejamos salvos. Somos seus filhos e temos uma herança.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 17

Publicado em: 30/01/2013

O sucessor natural de Davi, após a morte de Amnon, era Absalão. No entanto, ele se insurgiu contra seu pai e se fez proclamar rei pela força. Ele se apresentava aos descontentes do reino do norte como uma alternativa mais justa e eficiente de governo, criticando o poder estabelecido.

Aquitofel era conselheiro de Davi e passou para o lado de Absalão, se tornando um de seus principais assessores. Este, aconselha Absalão a atacar e matar Davi. Porém, Deus o salva, frustrando os conselhos de Aquitofel, fazendo-o seguir as orientações de Cusai. Deus ouviu o clamor de Davi.

Deus também ouve nosso clamor e nos convida diariamente a um momento de intimidade com Ele, através da sua Palavra. N’Ele estão os conselhos que precisamos, a força que nos anima e impulsiona. Peçamos ao Senhor a docilidade no Espírito para compreendermos o que Ele quer de nós. Amém!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 16

Publicado em: 29/01/2013

Davi chegou ao topo do monte, um pouco adiante se encontra com Siba, o servo de Meribaal, filho de Saul que tinha a proteção do rei. Ele acusa seu dono de traição, já que egoisticamente tomou a decisão de ficar em Jerusalém a fim de ser favorecido.

Para ajudar na difícil caminhado do deserto, Siba traz para Davi, asnos carregados com pães, cachos de passas, frutas de verão e um jarro de vinho para ser usado como remédio quando se sentissem fracos.

Semei, parente de Saul amaldiçoa Davi que aceita isso como castigo de Deus. Cusai, agente duplo, confunde os conselhos que Aquitofel dá a Absalão, que pediu a ele orientações sobre os seus próximos passos em Jerusalém, e recebe um conselho muito mau: Deveria montar uma tenda no terraço do palácio de seu pai e ter relações com as concubinas dele, à vista de todo o Israel.

Vivemos em uma sociedade que manifesta sintomas da doença do poder sem medida, irmãos que tentam se beneficiar de relações com pessoas importantes, igual ao tempo de Davi. Ajude-nos Senhor a fugir da tentação do poder sem limite, e escolher o caminho da amizade e da gratidão. Amém.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 15

Publicado em: 28/01/2013

Absalão num gesto de vaidade e conspiração contra pai considera que tem méritos suficientes para herdar o trono de seu pai Davi. Numa atitude política e demagógica, aproveita as tensões não resolvidas entre as tribos do sul e do norte, Judá e Israel, a deficiência administrativa da justiça central, tarefa específica do rei,  para se apresentar como melhor sucessor ao trono.

Davi percebendo a situação e que o enfrentamento com seu filho Absalão poderia provocar uma divisão maior entre sua família e expor a um grande morticídio, prefere perder o trono e fugir mantendo assim o reino unido.

No v. 30 “Davi caminhava chorando, enquanto subia o monte das Oliveiras, com a cabeça coberta e os pés descalços”, essa atitude de fugir perseguido pelo seu próprio filho, é desesperadora, e o que lhe resta é invocar o Senhor. Alguns teólogos consideram que neste momento Davi escreve o Sl 23(22).

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 14

Publicado em: 27/01/2013

Neste capítulo, Joab e uma mulher de Técua arranjam a volta de Absalão, mediante uma farsa, que é descoberta pela rei.  A sabedoria, no sentido de habilidade e bom senso, é o tema que conduz esta passagem.

É interessante ressaltar que a sabedoria do rei é apresentada como um dom vindo de Deus: “Mas tu és sábio, meu senhor, como um anjo tem a sabedoria de Deus, para entenderes tudo o que acontece sobre a terra” (20).

O rei então permite que Absalão volte para sua casa sem se apresentar. Contudo, mesmo agraciado, Absalão continua rebelde, mas, ganha admiração e elogios do povo. Sua história continua a ser tratada nos próximos capítulos do Segundo Livro de Samuel.

A passagem permite uma reflexão sobre nossas vidas, impulsionando-nos a buscar, à luz da palavra de vida, a sabedoria que vem do Pai e a obediência aos seus planos e caminhos.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 13

Publicado em: 26/01/2013

Por algum motivo, Davi nunca corrigia a teimosia e desobediência de seus filhos. Quando seu filho Amnon violentou a própria irmã, a maioria das versões bíblicas se limita a dizer que Davi ficou furioso quando soube da violência. Veja abaixo:

“O rei Davi soube do que tinha acontecido e ficou muito irritado, mas não quis castigar seu filho Amnon, porque era o primogênito e ele o amava muito”. (versículo 21)

Tamar era irmã Absalão, mas apenas meia-irmã de Amnon. Por estar na idade propicia para casar, era mantida sob rígida vigilância. Porém Jonadab sugeriu um modo de Amnon conseguir a permissão do rei para vê-la a sós. Era costume preparar uma refeição especial a uma pessoa que estivesse doente. O preparo da comida era feito num cômodo anexo,enquanto a pessoa assistia de sua cama. O prato era,então,levado até o doente por um servo. O desejo de Amnon de que Tamar lhe desse de comer foi interpretado como um capricho.

Os servo foram dispensados em consideração á sua enfermidade bem como á posição. A reação de Tamar aos avanços de Amnon foi gentil e racional. Porém, com muita paixão, Amnon não quis ouvir a voz da razão. Seu propósito era se satisfazer, independente das consequências.

Davi deu todo apoio a Amnon quando o rapaz ficou doente, mas não fez nada para ajudar sua filha. Ele ficou nervoso, mas  não castigou,como deveria. Como Davi não tomou nenhuma atitude, Absalão também optou por permanecer calado. Ao invés de resolver a questão,deixa seu ódio crescer e planejou uma vingança. Caso Davi tivesse tratado Amnon com justiça, essa vingança não teria acontecido.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 12

Publicado em: 25/01/2013

Continuando o capítulo anterior, vemos como Davi procedeu para que morresse o soldado Urias. Com isso, disfarçaria a gravidez de Betsabé e o adultério que Davi cometeu, além de permitir que o rei a tomasse como esposa.
Porém, aos olhos de Deus nada escapa e Ele envia o profeta Natã para abrir os olhos de Davi e repreendê-lo de seu pecado.

Mas, como admitir que o grande rei Davi, ungido e escolhido por Deus para governar o povo eleito, personificação do próprio Messias, cometesse tão grande pecado? Justamente aí que vemos a grandeza de Davi: ao invés de somente lamentar sua indignidade, reconhece seu pecado e pede o perdão e a misericórdia de Deus. Arrependido, escreve um dos mais belos salmos da bíblia (salmo 50/51), utilizado na liturgia da celebração eucarística e em várias orações penitenciais da Igreja.

Aprendamos de Davi essa verdade: não somos nada e podemos cometer graves pecados, mas Deus nos ama não porque somos bons e sim porque Ele é bom. Reconheçamos nossos pecados e não olhemos somente a nossa pequenez, mas a graça de Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 11

Publicado em: 24/01/2013

Nesse capítulo, meditaremos sobre uma das partes mais obscuras da vida de David. Na realidade foi uma sequência de atos, pensados e ao acaso, que culminaram com a morte de Urias e a traição de David a Deus.

Tudo começou com um único erro - Davi fica em Jerusalém e não vai a guerra. Partindo disso ocorre a cascata de acontecimentos seguintes Mas porque Davi não foi para a guerra?

1 – Arrogância - por causa de seu sucesso e status como rei de Israel. Ele se considera diferente/melhor do que os demais israelitas. Eles precisam ir para a guerra, ele não. Eles precisam dormir ao ar livre, ele precisa descansar em sua própria cama, em seu palácio. Eles podem ter uma esposa, ele pode ter a mulher que quiser.

2 - Abuso do poder – se não em Deus, o poder corrompe. Davi chegou ao poder e o usa para ser indulgente consigo mesmo às custas dos outros.

3 – Comodismo devido à prosperidade - às vezes, a prosperidade se torna mais perigosa do que a pobreza e a adversidade. Todo mundo se fatiga com as adversidades da vida. e anseia pelo momento de poder relaxar. Assim também era Davi. Mas quantos salmos ele compôs ou quantas vezes meditou a lei do Senhor em sua cama palaciana? Todas as vezes foram no campo de batalha? Não precisamos querer o sofrimento; contudo, devemos reconhecer que o sucesso, muitas vezes, é um teste bem maior do que a adversidade. Com frequência, quando parece que “tudo vai bem”, aí é que corremos maior perigo.

Quarto - o pecado é sequencial. Ele “acontece”, mas raramente “simplesmente acontece”. Ele não aparece do nada.

Por fim irmãos, quando deixamos de lutar, a queda não está longe.

Tentemos viver como diz o trecho de uma música de Martin Valverde:
“Luta se queres triunfar, coragem se queres ganhar, não conhece a calma do mar, quem não viveu sua tempestade...”

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 10

Publicado em: 23/01/2013

Davi se mostra misericordioso com Hanon, filho de Naás rei dos amonitas que acabará de morrer. Manda embaixadores para consolar o novo rei, mas os príncipes amonitas instigam Hanon fazendo-o crer que vieram para espionar a cidade e depois destruí-la. Hanon então humilha os representantes de Davi iniciando assim mais um conflito com inúmeras mortes.

É preciso buscar sempre a luz do Senhor, pedir sabedoria, discernimento para conhecer o bem e o mal que nos rodeiam. Decidir sem refletir, agir sem o pleno conhecimento dos fatos muitas vezes nos leva a cometer erros que nem sempre tem conserto, machucar pessoas, ferir sentimentos que deixarão marcas, magoar pessoas inocentes.

Que o Deus de bondade nos conceda sua graça e proteção para nos livrar de pessoas enganosas que possam nos tirar do caminho do bem e da paz. Amém!!!!!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 9

Publicado em: 22/01/2013

Davi havia prometido a Saul e ao amigo Jonatas que não exterminaria seus descendentes quando se tornasse rei. Ele quer fazer a bondade de Deus chegar até aos descendentes de seu amigo.

Quando recebeu a informação da existência de um filho chamado Meribaal, que possuía deformidade nos pés e vivia na obscuridade, mandou buscá-lo, pois a bondade e a graça não depende do destinatário, a graça é um favor imerecido de Deus.

Meribaal não foi curado de sua imperfeição, quando foi convidado a viver na presença do Rei em seu palácio. Da mesma forma, quando Deus transformou o nosso coração e nos deu a certeza da salvação, não retirou de nós as nossas imperfeições. Ainda somos pecadores, mas como membros da família de Deus, somos destinados a morar em seu palácio.

Para nossa reflexão sobre esta passagem: Existe alguém que devemos mostrar a bondade de Deus?

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 8

Publicado em: 21/01/2013

Deus, em sua aliança com Davi, sempre prometeu que os inimigos dos israelitas seriam derrotados e toda a opressão terminaria.

O reinado de Davi caracterizou-se por fazer justiça a todo o seu povo. Davi castigava com misericórdia e interpretava a lei com justiça, respeitando sempre o direito das pessoas e ao mesmo tempo, lembrava todos do seu dever para com Deus.

Desta forma todos confiavam em Davi e seguiam suas ordens. No capítulo 8, vários inimigos que foram derrotados estão relacionados.

Os moabitas, o rei Hadadezer de Zobá e os moabitas, por onde Davi passava o Senhor lhe concedia a vitória. Assim, Davi reinou por todo o Israel e administrava a justiça para todo o seu povo.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 7

Publicado em: 20/01/2013

Nesse capítulo 7 Davi se vê instalado em uma bela casa e isso lhe incomoda, pois o Senhor está em uma tenda. Davi deseja estabelecer uma casa para o Senhor, porém ao profeta Natã Deus revela que quem construirá um templo pra Ele será a sua descendência, Salomão.

Deus lhe resiste, pois para os povos pagãos da época, ao construir um templo a um deus ele fica restrito aquele espaço. Deus de Israel é diferente ele caminha com seu povo e está em toda parte, não podendo estar aprisionado em um templo. Deus quis mostrar ao seu povo que sempre está perto, mesmo nos sofrimentos e mesmo quando o povo resolve virar as costas pra Ele.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 6

Publicado em: 19/01/2013

Neste capítulo vemos o transporte da Arca de Deus, a arca deveria ficar sempre dentro do compartimento "Santíssimo" do tabernáculo, era o lugar onde Deus se encontrava com o Seu povo, símbolo de Cristo: feito de ouro que representa a Sua divindade, e de madeira, símbolo da sua humanidade.

Davi quis fazer a coisa certa, mas não levou em conta um detalhe: Deus havia ordenado que a arca fosse transportada nos ombros dos coatitas, da tribo de Levi . Talvez por achar mais prático e cômodo, Davi mandou que colocassem a arca sobre um carro de bois para o transporte. Era um carro novo, e os filhos de Abinadab o guiavam, um na frente e o outro atrás. Mas a desobediência foi a causa de uma tragédia: os bois tropeçaram e quando o que estava atrás, Uzá, estendeu a mão para segurar a arca, Deus o matou por causa da sua irreverência.

Davi queria restabelecer o relacionamento entre Israel e Deus, mas Deus teve que lembrar à nação dessa forma dramática que o entusiasmo que sentiam naquela ocasião não lhes dava liberdade para desobedecer às Suas leis. Davi se desgostou e temeu ao Senhor naquele dia. Na próxima vez que procurou levar a arca até Jerusalém Davi teve o cuidado de fazê-lo da maneira correta.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 5

Publicado em: 18/01/2013

 Todas as tribos de Israel reconhecem Davi como rei, e ele, com seus homens, marcha para Jerusalém, cidade até então considerada tão segura que até “cegos e coxos”(6b) impediriam a entrada de Davi. Mas Davi a conquistou, estabeleceu-a como capital do reino e denominou-a “Cidade de Davi”(9); inicia-se assim uma nova etapa histórica de Israel.

A partir daí Davi dedica-se à tarefa mais urgente daquele momento, que era a derrota do povo filisteu, sempre em obediência à vontade de Deus, pois antes de enfrentar cada batalha Davi consultava o Senhor: “Posso atacar os filisteus?” (19)

Que grande ensinamento! Consultar o Senhor e colocar-se na escuta para entender e aceitar a Sua vontade, confiante nas decisões de Deus e em Seus momentos, pois Deus sabe o que é melhor para nós mesmos.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 4

Publicado em: 17/01/2013

Davi havia sido ungido por Samuel para ser o rei de Israel... Depois da morte simultânea do rei  Saul e seu filho Jonatas, o único filho que sobrevive para continuar a monarquia é Isboset, que, diante da morte do general  do exército de seu pai, sente se incapaz diante de tão desafiante missão. 

Dois homens entram na casa onde Isboset dorme e o assassinam. Cortam a sua cabeça e a levam como um troféu a Davi, dizendo que Deus já havia vingado seus inimigos. Davi já sabia que seria rei, mas não sabe que os planos de Deus não se fincam em injustiças ou assassinatos , e diz aos assassinos :" O homem que me veio anunciar a morte de Saul, cuidando trazer-me uma boa notícia, tomei-o e matei-o em Siceleg, em recompensa de sua boa mensagem. Quanto mais agora a homens celerados que mataram um inocente dentro de sua casa, em seu leito, não vos pedirei eu conta de seu sangue, e não vos farei desaparecer da terra? "

Isto mostra o carácter de Davi e, a partir de agora, como Deus o ungirá e permanecerá com ele durante seu reinado.Como fará justiça e revelará a sua força.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 3

Publicado em: 16/01/2013

Isbaal, filho de Saul, reinou sobre Israel apoiado por Abner, chefe do Exército. Abner, no entanto, percebe a fraqueza do rei, rompe com Isbaal e alia-se a David e negocia a adesão dos demais israelitas. Quando Joab (sobrinho do rei e chefe das incursões militares) toma conhecimento do fato, mata Abner para vingar a morte de seu irmão Asael, morto na batalha de Gabaon.  Davi não aceita esta morte por traição e faz um juramento público de inocência. Faz recair a culpa sobre Joab e o obriga a assistir ao funeral e a escutar a elegia que o afronta. Chora sobre o túmulo de Abner e jejua.

Nós devemos aprender como Davi, a nos pronunciarmos diante das injustiças e a tomar as providencias cabíveis. O cristão não pode estar em cima do muro e calar-se em meio às iniquidades, precisa ser profeta e fazer da sua voz a voz daqueles que não tem vez.

“ A esperança tem duas filhas lindas, a indignação e a coragem: a indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão e a coragem a muda-las.” (Santo Agostinho)

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 2

Publicado em: 15/01/2013

O propósito do livro 2 Samuel é registrar o reinado do Rei Davi. A aliança davídica será colocada no seu contexto histórico. Neste capítulo e nos capítulos seguintes até o 10, serão relatados os triunfos de Davi.

Depois de um tempo de luto pela morte do rei Saul e seus filhos, Davi é coroado rei de Judá, enquanto Isbaal, um dos filhos sobreviventes de Saul, é coroado rei de Israel, uma guerra civil prossegue entre estes dois reinados.

Grandes perseguições e lutas serão travadas pelos exércitos dos dois reis, uma delas é aqui ressaltada: 12 jovens do lado de Isbaal e 12 do lado de Davi, travam uma lutam entre si e se matam enterrando suas espadas simultaneamente em seus flancos.

Abner chefe do exército de Saul, mata Asael irmão de Joab, general de Davi, e a vingança pairava no ar, mas Davi, por enquanto rei somente de Judá, usa de diplomacia para ganhar a adesão das tribos de Galaad.

Obediente ao Senhor, Davi sempre o consultava sobre a direção a seguir, que façamos o mesmo, pedindo a Deus que conduza os nossos passos nos caminhos que devemos tomar em nossa vida.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Samuel, Capítulo 1

Publicado em: 14/01/2013

Após a derrota e morte de Saul e seu filho Jônatas, um amalecita se antecipa para anunciar a tragédia de Davi na esperança e expectativa que ao levar esta notícia poderia ser bem vista e quem sabe ser recompensado.

O amalecita considerava que Davi era um desertor de Saul e agora fiel aos filisteus.

Mas a notícia é causa de tristeza e luto para Davi e todos os que estavam com ele, por isso, Davi ordena que este amalecita seja morto por ter matado um ungido do Senhor.

Davi age segundo tradições antigas (conforme 1 Reis, 28-35), mas Jesus veio para superar todas essas tradições , nos dando um novo mandamento: “Amai os vossos inimigos e orai por aqueles que vos perseguem”  Mt 5,44.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 31

Publicado em: 13/01/2013

O último capítulo deste livro narra a Batalha de Gelboé, com a morte de Saul, seus filhos e seu escudeiro. Os filisteus atacaram Israel e todo o peso do combate recaiu, portanto, sobre Saul.

Assim, enquanto Davi vence os amalecitas, Saul e Jônatas tombam na batalha contra os filisteus. Tomando conhecimento da morte de Saul, os habitantes de Jabes-de-Galaad buscaram os corpos da muralha de Betsã e, após queimá-los, enterraram os seus ossos debaixo da tamareira de Jabes, encerrando mais um ciclo da história.  

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 30

Publicado em: 12/01/2013

O povo passava por uma situação difícil e como diz a Palavra “Davi e seu pessoal caíram em lágrimas e choraram até se esgotar suas forças” (versículo 4), quantas vezes essa também é nossa reação diante da dor, não somente uma dor pessoal pela perda de quem amamos mas também pelos fatos terríveis que acontecem no mundo.

Diante de tudo isso no versículo 6 lemos o seguinte: “Davi ficou muito angustiado, porque se dizia que todos queriam apedrejá-lo, pois o pessoal todo estava amargurado por causa de seus filhos e filhas. Davi, porém, recobrou ânimo em Javé seu Deus”.

Davi recupera suas forças, mesmo aparentemente não vendo uma solução, ele buscou força no Senhor nosso Deus! E assim temos que ser também, sempre se reanimar diante da presença do nosso Senhor.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 29

Publicado em: 11/01/2013

Neste capítulo vemos a providência divina que livra Davi de uma situação extremamente embaraçosa.

Ao fugir de Saul e refugiar-se em território filisteu, Davi se aproxima de Aquis, que lhe dá um local para morar e o coloca como seu próprio guarda pessoal. Dessa forma, quando os filisteus decidem atacar Israel, Davi se coloca à disposição para combater Israel junto a Aquis.

Felizmente, Deus não permite que isso aconteça, fazendo com que os príncipes filisteus obriguem Aquis a expulsar Davi do exército filisteu com medo de uma traição durante a guerra.

Davi era o ungido de Deus e ele sabia ver a vontade d’Ele mesmo em circunstâncias desfavoráveis. Também nós, como ungidos de Deus pelo nosso batismo, enxerguemos a vontade de Deus nas provações e dificuldades que enfrentamos neste momento.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 28

Publicado em: 10/01/2013

Essa passagem é utilizada pelos espíritas para justificação de suas práticas. Mas alguns fatos nos fazem identificar que a interpretação pode estar enganada.

1 – A bíblia não se contradiz. Levitico 19, 31; Levitico 20, 6 -7; Levitico 20, 27; Deuterônimo 18, 9-13; Isaías 8, 19-20; Ezequiel 13, 18-20; Mateus 7, 22-23; Apocalipse 22,15 são passagens que falam sobre a não invocação dos mortos ou consulta a necromantes.

2 – No versículo 14, a expressão relata o que a mulher disse ter visto, porém nem mesmo Saul viu coisa alguma. A partir da vaga descrição da médium ele ”entendeu” que era Samuel.

3 - Em uma primeira leitura, a surpresa da mulher pode sugerir que de fato Samuel apareceu diante dela e que o fenômeno era algo fora de seu controle. Mas a surpresa foi mais provavelmente causada por haver ela reconhecido o rei, no versículo 12.

4 - Dizer que a aparição foi de Samuel realmente contraria vários argumentos na área teológica. O diálogo nos versos seguintes entre o suposto Samuel e Saul também foi feito por intermédio da mulher, sem nenhuma evidência de que o verdadeiro Samuel tenha dito qualquer das coisas mencionadas.

5 – Outra incoerência: Saul não foi respondido pelo Senhor por várias formas (nem por sonhos, nem por Urim, nem por profetas. Viria ele agora a receber uma resposta por meio do finado profeta Samuel por meio de uma necrmante?

6 - O autor do Livro das Crônicas, ao relatar as causas da morte de Saul (1Cr 10.13-14), diz que este morrera porque “interrogara e consultara uma necromante e não ao SENHOR”.

Senhor, que possamos procurar a Ti, e não a outros falsos profetas.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 27

Publicado em: 09/01/2013

Mesmo depois de poupar a vida do Rei Saul, Davi não se sente seguro e vai habitar na terra dos filisteus. Lá devastava a terra e não deixava com vida nem homem, nem mulher (9).

A perseguição de Saul e o fato de habitar terras estranhas não fazem Davi corromper seu coração, perseguem os filisteus (inimigos dos israelitas), cuidando que não ficassem nenhum vivo para testemunhar contra ele, assim continuava a missão de seu povo de lutar contra os filisteus.

Por muito pouco nos sentimos injustiçados e abandonamos o caminho. Deus espera de nós, a exemplo de Davi, um gesto de confiança e perseverança, saber que acima dos problemas que nos são impostos, temos um Deus que nos ama e protege, saber e confiar que Ele caminha conosco e que jamais seremos desamparados e que a vitória é questão de tempo, não o nosso, mas o tempo de Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 26

Publicado em: 08/01/2013

Saul era um rei desobediente, por isso Deus não permitiu que seu reinado tivesse sucesso. Era um homem de coração duro que sentia muita inveja de Davi e não o perdoava pelo sucesso e heroísmo.

Davi era um homem de coração puro, segundo Deus, muito digno no proceder com as coisas do Senhor, ele vai retribuir a inveja e a ira de Saul, cuidando de sua vida mesmo quando Deus o entrega em suas mãos em dois momentos, indefeso e em sono profundo, vulnerável para o ataque inimigo.

Davi não o mata, e Saul compreende que ele poderia ter feito isso se assim o quisesse. Depois de sofrer muitas tentativas de morte, Davi, tratava a Saul com misericórdia, e pela segunda vez não lhe tira a vida e lhe comunica que nunca irá levantar a mão para aquele que um dia o Senhor ungiu e escolheu para rei. Davi soube se colocar em um lugar de humildade, e tendo paciência nas tribulações, esperava e confiava que o Senhor cuidasse e resolvesse tudo conforme a sua vontade.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 25

Publicado em: 07/01/2013

    

O Capítulo 25 do I Samuel, conta a história de Nabal e Abigail, que se encontraram com Davi e seus homens. Nabal era um homem rico, tinha muitos servos a seu serviço e era casado com Abigail, uma mulher Sensata e Formosa.

O texto nos mostra que no deserto de Farã, estavam os servos de Nabal apascentando o grande rebanho de ovelhas e cabras, e junto dos rebanhos, estavam também o exército de Davi.

Os servos de Nabal começaram então a retirar lã das ovelhas, e matavam algumas para dar de alimento aos tosquiadores. Neste momento, Davi pediu para que seus homens fossem ao encontro de Nabal para pedir comida.

Nabal não aceitou seu pedido, isso gerou ira e vingança no coração de Davi, que imediatamente mandou seus homens se preparar, pois iriam invadir a propriedade de Nabal.

Abigail ficou sabendo da atitude de seu marido e foi ao encontro de Davi, levando duzentos pães, dois odres de vinho, cinco cordeiros preparados e cem tortas de uvas secas, colocou tudo em cima de jumentos e levou ao encontro de Davi.

Ao encontra-lo pediu perdão pela atitude de seu marido, que foi concedido devido à atitude de Abigail. Após este acontecimento, uns dias depois, Nabal foi ferido pelo Senhor e morreu. Davi propôs então a Abigail que se tornasse sua mulher, e ela, aceitou.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 24

Publicado em: 06/01/2013

    

Nos versículos de 5 a 9, Davi demonstra que cumpre seu dever; a orla do manto é uma prova de que ele não queria o mal de Saul. Portanto, a perseguição não tem justificativa. Davi sai vencedor do pleito agindo com generosidade. São Paulo no recomenda em Romanos, “Vence o mal com o bem”, e foi justamente o que Davi fez.

Muitas vezes também nós nos sentimos injustiçados e queremos resolver do nosso jeito, com o nosso senso de justiça, porém é preciso que em algumas situações deixemos o Senhor ser o nosso juiz, ser o defensor da nossa causa. Essa dependência de Deus é muito salutar quando vivida com equilíbrio. Aqui não é questão de cruzar os braços e deixar Deus resolver tudo pra mim, mas antes é uma postura de confiança em Deus e do exercício da paciência.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 23

Publicado em: 05/01/2013

Davi continua sua vida errante na fuga de Saul, vivendo refugiado em cavernas e montanhas no deserto com seu “bando”: os que se achavam em dificuldades, os endividados e descontentes. E a inveja de Saul aumenta, tornando-se uma paranoia, chegando a momentos de massacre de inocentes por puro ódio!!

Davi permanece fiel a Deus: busca ouvir a voz do Senhor, seguir Seus conselhos, obedecendo as ordens de Deus, e fazendo a vontade do Senhor. Não acumula ódio nem revolta contra o próprio Saul e muito menos contra Deus.

Servo fiel e obediente a Deus, Davi não entra em combate com Saul, somente foge desesperadamente. O Senhor Deus o livra e impede Saul de matar Davi, que escapa de Saul por pouco.

Em nossa vida sofremos muitas perseguições: inveja e maldade, ódio, traição, perdas financeiras, pobreza, desemprego, e muitas outras. O Senhor nos convida a “enfrentarmos este deserto” como fez Davi: confiando, obedecendo e ouvindo a voz do Senhor; perseverando e sendo fiel a vontade de Deus, e perdoando os nossos perseguidores e acusadores. Crescendo como cristão. Amando a Deus e ao próximo como a Ti mesmo!!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 22

Publicado em: 04/01/2013

 Neste capítulo encontramos o perfil de duas pessoas distintas: Davi e Saul.

 Saul, uma pessoa dominada pela inveja, pelo desejo de manipulação daqueles que estão ao seu redor, levando-os a pensarem como ele pensa e pelo exercício autoritário do poder.

 Davi, “o homem, segundo o coração de Deus” como o define Lucas em At 13, 22b, uma pessoa solidária com os mais necessitados, cuidadosa com seus pais e acolhedora daqueles que precisavam de refúgio. 

 Que a leitura deste pequeno trecho bíblico nos leve a refletir como estão sendo nossas ações: mais próximas de Saul ou de Davi?

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 21

Publicado em: 03/01/2013

Davi vai para Nob, cidade próxima a Jerusalém e encontra o sacerdote Aquimelec, que o conhecia, mas nada sabia da nova situação. Davi pede pão para manter sua vida e arma para defendê-la.

Encontra pão consagrado e a espada de Golias, o filisteu que matou no vale do Terebino. Davi foge para casa de Aquis, rei de Gat e ouve seus servos o exaltarem, dizendo que matou milhares a mais que Saul. Com medo, finge-se de louco, tamborilando no batente da porta e deixando escorrer baba.

O que fazemos para defender nossa vida? Quantas provações temos que passar para que se cumpra em nós os projetos de Deus? Perseverar ou desistir? Davi sofreu muito, mesmo tendo sido escolhido por Deus, teve que assumir sua cruz. O Senhor nos dê fortaleza para assumir a nossa.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 20

Publicado em: 02/01/2013

 Davi estava em Ramá, refugiado de Saul, temendo pela sua vida. Como tinha uma relação de amor e amizade muito grande com Jônatas, foi ter com este, para saber as verdadeiras intenções de seu pai Saul. Davi não entendia o motivo pelo qual Saul o odiava tanto a ponto de querer matá-lo.

Nós também, muitas vezes, não compreendemos a disposição do coração daqueles que nos cercam. O ciúme, a inveja, a ira, a discórdia, nos deixam tristes e abatidos, com o rosto por terra. Mas o Senhor providencia tudo para que seus planos se cumpram. Lindo também é perceber a lealdade e o amor entre Jônatas e Davi.

A aliança selada diante do Senhor vincula ambos (v.8, 42). Jônatas põe sua descendência sob a proteção de Davi. Que nós possamos mirar no exemplo de ambos e sermos amigos solidários e leais até a morte.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
I Samuel, Capítulo 19

Publicado em: 01/01/2013

Saul queria matar Davi, e falou sobre isso com seu filho Jônatas e todos os seus servos. Esta vontade se estabeleceu no coração de Saul, devido ao grande ciúme que nutria por Davi.

Grande herói do povo, Davi contava com o SENHOR, que estava sempre com ele nas grandes vitórias conquistadas sobre os filisteus, ele era aclamado pelo povo e cada vez mais a inveja aumentava no coração de Saul, que via Davi como rival e ameaça.
Mas Jônatas, grande amigo de Davi, o avisa das intenções de seu pai, e intercede em favor do amigo ao pai, que a princípio atende aos argumentos do filho, mas esta trégua dura pouco.
Sem aplacar a raiva de Saul, que tenta outras vezes contra a sua vida, Davi foge e fica aos cuidados de Samuel residindo em Naiot de Ramá. Outras tentativas são feitas sem êxito, contra a sua vida, até que o próprio Saul segue até lá para matá-lo.
Já pelo caminho o Espírito do Senhor cuidará da proteção de Davi colocando Saul em transe, despe-o de suas vestes e o guarda, entre os profetas, como em prisão dia e noite até que Davi saia de seu alcance novamente.
Que assim seja também conosco, Senhor, nos defenda de nossos inimigos e cuide de nossos caminhos!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:

Antes de conferir a reflexão, faça a leitura do texto bíblico 

Área pessoal




Esqueceu sua senha? Recupere aqui.
Ainda não tem Cadastro? Cadastre-se aqui.





Leituras

Livro - A Bíblia no meu dia-a-dia

Cronograma

Cronogramas


Escolha um livro




Arquivo

 

Total de visualizações de página:

5.429.121


Desenvolvido e Hospedado por Cedilha Comunicação Digital Realização Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora Paróquia Sant'Ana