Bíblia Diária - Para uma leitura diária e frutuosa da Palavra de Deus!
Clique aqui para criar a sua área pessoal

Leitura do dia:
Deuteronômio, Capítulo 4

Publicado em: 30/11/2014

 

Finalizando o primeiro discurso de Moisés no livro do Deuteronômio, o autor sagrado relembra a aliança feita no monte Horeb. Esta primeira aliança é formada por estatutos e normas que vão compor a Lei que vai dominar toda a religião de Israel, conforme o versículo 5:

Vede: ensinei-vos leis e ordenações, conforme o Senhor, meu Deus, me ordenou, a fim de as praticardes na terra que ides possuir.”

É fundamental que olhemos a revelação de Deus a partir da encarnação de Jesus, que veio para cumprir a Lei e os profetas (conforme Mt 5, 17).

Enquanto o povo de Israel não distinguia nenhuma forma e ouvia somente uma voz no monte Horeb (v. 12), na segunda aliança (Jesus) o povo de Israel viu esta Palavra se tornar carne e habitar no nosso meio (conforme Jo 1, 14).

 

Como mensagem de Deus para nós, façamos um breve exame de consciência: ainda estamos apegados na primeira aliança, formada pelo cumprimento de estatutos e normas, ou se já estamos na segunda e eterna aliança, proporcionada por Jesus que nos chama a sermos discípulos do amor.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Deuteronômio, Capítulo 3

Publicado em: 29/11/2014

 

“O Senhor disse-me: nada temas, porque eu o entreguei em tuas mãos, com todo o seu povo e sua terra: far-lhe-ás o mesmo que fizeste a Seon, rei dos amorreus, que habita em Hesebon.” (versículo 1)

E a palavra do Senhor se cumpriu, derrotaram povos e nenhum escapou. “Todas essas cidades eram fortificadas, com altas muralhas, portas e ferrolhos, sem contar as numerosas cidades abertas.” (versículo 5)

A seguinte ordem foi dada a Josué: “Viste com os teus olhos tudo o que o Senhor, vosso Deus, fez a esses dois reis: desse modo tratará o Senhor todos os reinos que atravessares. Não os temas, porque é o Senhor, vosso Deus, quem combaterá por vós.” (versículos 21 e 22)

É o Senhor quem combate por nós! Pensemos hoje não em guerras e lutas físicas, mas sim na nossa batalha diária, por sermos pessoas melhores, mais de Deus! Nunca nos esqueçamos que quem luta por nós é o Senhor nosso Deus e por isso não temos o que temer, pois Ele esta a nossa frente!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Deuteronômio, Capítulo 2

Publicado em: 28/11/2014

 

Neste trecho da Palavra, vemos como o povo de Israel entrou em Canaã, a terra prometida, quarenta anos após ter saído do Egito. Os números na bíblia são muito importantes pelo seu simbolismo. No caso, quarenta representa um tempo. Este tempo foi necessário para que Deus educasse o povo no deserto, como nos fala o versículo 7:

“Porque o Senhor teu Deus te abençoou em todas as tuas empresas, e velou sobre ti durante a tua marcha através deste vasto deserto. Eis já quarenta anos que o Senhor teu Deus está contigo, e nada te faltou.”

Para nós hoje, a Palavra nos diz sobre o tempo e a sua presença nele. Neste momento, em que podemos estar questionando sobre a ação de Deus na nossa vida, a Palavra vem confortar nosso coração e nos dizer que Ele está presente na nossa vida, que está nos ajudando e nos educando.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Deuteronômio, Capítulo 1

Publicado em: 27/11/2014

  

Nesse livro verifica-se que Deus fala por meio de Moises para uma nova nação que estava próxima de tomar posse da terra prometida, “[...] Moisés falou aos israelitas tudo o que o Senhor lhe mandara dizer, [...]” (3). 

Essa nova nação necessitava ser doutrinada nas leis que iriam regulamentar sua nova condição de povo livre, portanto, ter capacidade de entender sua espiritualidade e habilidade de reafirmar o acordo feito com seus antepassados. “Eis que vos entrego esta terra. Entrai e tomai posse da terra que o Senhor jurou dar a vossos pais, Abraão, Isaac e Jacó, a eles e a seus descendentes depois deles” (8).  

Mas como visto na segunda parte deste capitulo que trata da infidelidade e fracassos desse povo, pois não acataram a certas regras do Senhor, “Mas vós não quiseste subir. Resististes às ordens do Senhor vosso Deus” (26). 

Podemos entender através desses ensinamentos, que quando Deus propõe mudanças em nossas vidas à caminhada poderá não ser fácil, mas temos que colocar em pratica seus mandamentos e nesses momentos difíceis aumentar a nossa fé, pois o próprio Jesus cita Deuteronômio ao apresentar o amor a Deus como “o maior e o primeiro mandamento” (Mt 22, 35-39).

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 27

Publicado em: 26/11/2014

 

“Todos os dízimos da terra, tomados das sementes do solo ou dos frutos das árvores são propriedades do Senhor: é uma coisa consagrada ao Senhor.” 27,30

Tudo o que temos e somos vem de Deus e é de Deus (salmo 23/24). O dízimo, pela vontade e pela Palavra de Deus, mais do que propriedade do Senhor, o dízimo é sagrado. Não é opção nossa, na medida em que a Palavra de Deus é para nós coisa soberana. 

Entregar o dízimo, mais do que observar o preceito bíblico, é reconhecer e aceitar Deus como Senhor e Salvador. É para nós caminho de libertação e apego exagerado aos bens materiais, é caminho de salvação, pois nos cumula com o dom do “Temor de Deus”, dom que nos capacita a colocar Deus no centro de nossas vidas, a amar a Deus sobre todas as coisas. (Dt 14,22).

“Fazei a experiência – diz o Senhor dos exércitos – e vereis se não vos abro os reservatórios do céu e se não derramo a minha benção sobre vós muito além do necessário.” (Ml 3,10)

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 26

Publicado em: 25/11/2014

 

Sempre contrário à idolatria o autor inicia este capítulo chamando a atenção do povo para não cometer tal traição com Deus.

Generosas seriam as consequências das escolhas boas que eles fizessem, mas as consequências das escolhas ruins e tolas fariam o povo sofrer muito mais.

Enumera-se, neste capítulo, uma série de bênçãos e uma enormidade de maldições para o povo todo caso houvesse desobediência ou infidelidade de alguns.

A benção tratava-se de alimentos em abundância, saúde, vida longa, fecundidade e descendência numerosa. A maldição incluía morte, enfermidades, esterilidade, e outras desgraças como a seca, a fome, a guerra, a escravidão e até a dispersão do povo todo da terra que estava sendo explorada.

A santidade do povo se refletiria também no calendário. Para facilitar o entendimento sobre as promessas do Deus da aliança, as festas seguiam o calendário agrícola e a lei sabática também era aplicada para a terra, que depois de cada seis anos de plantio e colheita, deveria descansar no sétimo ano.  O profeta Jeremias nos diz que foi o desrespeito a estas leis que causaram a queda de Jerusalém e o exílio para a Babilônia (Jr 25,8-14 ). 

Nossas escolhas hoje, também podem nos trazer bênçãos, peçamos ao nosso Deus que nos conduza a fazer boas escolhas que nos façam merecer o seu grande amor de Pai.

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 25

Publicado em: 24/11/2014

 

O capítulo 25 faz parte de uma coletânea de leis provavelmente escrita antes do exílio. Podemos dividi-lo nas seguintes partes:

Descanso para a terra: nos versiculos de 1 a 7 Deus determina o descanso da terra no sétimo ano. Isso nos mostra que Deus é o único proprietário das terras, as quais são dadas, igualmente, para todos. Há tambem uma mnesagem de cunho ecológico, pois o descanso representa o ciclo natureza.

O ano de jubilio vem anunciado pelo toque da trombeta. Em hebraico, trombeta significa jobel, o que justifica o nome jubileu. Essa norma parece prever a recuperação das propriedades para os judeus que voltam do exílio na Babilônia.

O texto segue demonstrando a providencia de Deus e do homem (v 18-22). Ao povo Deus determina que nada seja semeado no setimo ano, porém lhes dará a sua  bênção no sexto ano, fazendo com que todo o trabalho árduo daqueles que cultivam gere uma safra para três anos. Assim, temos a providência de Deus, que estará presente se o homem fizer a sua parte, que é um trabalho mais árduo no sexto ano.

Como a terra é propiedade exclusiva de Deus, todos têm o direito de usufruir desse dom. Assim, evita-se a formação de latifúndios e, principalmente,  o surgimento de desigualdade social. 

As regras relativas àqueles que estão em má situação financeira são verdadeiras leis de solidariedade, pois coibe que o mais favorecido aproveite-se da miseria do outro. No v. 38 há a síntese de tudo: quem foi libertado por Deus não pode ser escravizado por ninguém.

No final do capitulo parece haver uma diferença entre Israel e as outras nações, pois só o povo de Israel é considerado como povo de Deus.

Com a vinda de Jesus Cristo ao mundo, essa realidade mudou, pois é o próprio Cristo que anuncia a boa nova de que o Reino de Deus é para todos, para todos aqueles que respeitam o Pai, seguem seus mandamentos e praticam caridade aos irmãos mais necessitados. 

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 24

Publicado em: 23/11/2014

 

A famosa lei do talião, consiste na rigorosa reciprocidade do crime e da pena apropriadamente chamada retaliação. É uma das mais antigas leis existentes. Esse princípio impede que as pessoas façam justiça por elas mesmas e de forma desproporcionada, no que diz respeito ao tratamento de crimes e delitos. Esta lei é frequentemente expressa pela máxima olho por olho, dente por dente. Em uma época onde não existiam os tribunais e, por tanto, os julgamentos eram sumários, Deus encontrou nesta lei, que em um primeiro olhar parece agressiva, mas para época era necessário para diminuir a violência, um meio de organizar a sociedade da época. Poderíamos até dizer que foi uma tentativa do uso do princípio da equidade. Onde adapta a regra a um caso específico, a fim de deixá-la mais justa. Ela é uma forma de se aplicar o direito, mas sendo o mais próximo possível do justo para as duas partes. Para os dias de hoje parece absurdo, porém, para a época era o que se tinha de melhor para ser aplicado.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 23

Publicado em: 22/11/2014

 

Neste capítulo vemos a introdução do calendário das festas litúrgicas, vemos que Deus falou a Moisés como queria que estas festas fossem respeitadas e introduzidas na vida do seu povo escolhido. Naquele tempo ofereciam-se sacrifícios e holocaustos ao Senhor em espiação aos pecados cometidos e também como graças dadas ao Senhor.

Hoje o ritual litúrgico da Igreja Católica é riquíssimo e é nosso dever como cristãos participar ativamente da nossa paróquia e consequentemente das celebrações realizadas durante o ano.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 22

Publicado em: 21/11/2014

 

Este capítulo faz parte da Lei da Pureza apresentada no livro do Levítico, do capítulo 11 ao 26, tratando aqui das questões relativas à “porção santa”, ou seja da parte da vítima ofertada que cabia aos sacerdotes oficiantes do culto e seus familiares,  por concessão do Senhor. 

Esta alimentação, porém, era proibida àqueles que estivessem em estado de impureza, ou doentes, mulheres menstruadas ou ainda para aqueles que tivessem tocado algo impuro, fossem estrangeiros ou hóspedes, empregados ou diaristas.

A oferta devia ser “um bezerro, cordeiro ou cabrito, macho e sem defeito” e devia ser comido no mesmo dia.

Tais restrições e cuidados estavam de acordo com os costumes da época e supomos que servissem para educar o povo e os sacerdotes quanto ao respeito às coisas sagradas e à preservação da saúde, num tempo em que não existiam geladeiras nem conhecimento sobre a conservação dos alimentos. As restrições quanto ao sangue e às doenças provinham da cultura vigente e só no tempo de Jesus foram modificadas, como no caso da hemorroíza (Mt 9, 20-22) e dos dez leprosos (Lc 17, 11ss).

Dá-nos, Senhor Jesus, amor e zêlo pelas coisas sagradas e um coração generoso para doarmos não o que nos sobra em casa ou aquilo do qual queremos nos desfazer, mas sim aquilo que supre as necessidades dos pobres e doentes.

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 21

Publicado em: 20/11/2014

 

Este capítulo nos fala sobre a santidade sacerdotal, condutas e muitas proibições que o sacerdote deveria observar em seu ministério. Convidamos você a pensar um pouco, trazendo esta reflexão para os dias atuais.

Deus, em sua infinita misericórdia, sabe o quanto precisamos buscar a santidade, pois somos falhos e com muita facilidade, podemos nos “desviar” do seu propósito para nós, ou seja, do seu plano da verdadeira caridade para sua Igreja – santa e pecadora.

Quem cuida deste rebanho (Igreja) é o sacerdote, nosso pastor! O próprio Jesus nos diz: “Portanto, todo aquele a quem muito foi dado, muito lhe será pedido; a quem muito foi confiado, dele será exigido muito mais!” Lc 12, 48b.

 

Que nosso querido e compassivo Deus nos ajude a sempre estarmos em oração por nossos padres, pois eles são aqueles que receberam, no dia de sua ordenação, a unção do Espírito para estar à frente da obra de Deus, pois deles é exigido muito mais, não exatamente como está no texto - ao “pé da letra”, mas nós temos consciência de que em nossa realidade, eles são poucos, renunciam a tudo diante de muitas exigências, dando o melhor de si para permanecerem fiéis ao chamado do Senhor.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 20

Publicado em: 19/11/2014

 

Este capítulo narra os cultos que deviam ser rejeitados por Israel, bem como os mais diversos crimes: idolatria (inclusive com sacrifícios humanos), adultério, incesto e perversões sexuais, que destruíam a estrutura familiar e da sociedade e atentavam contra Deus.

Ao final, Deus lhes dá uma ordem: “Sede santos para mim, porque eu, o Senhor, sou santo” (v.26). O conceito de santidade naquele tempo era separar e distinguir o puro do impuro, o sagrado do profano. Em seguida, praticar ações de reparação, conforme determinava a lei.

Hoje acolhemos essa ordem como manifestação do amor de Deus por nós, que quer nos dar vida nova e em abundância. A pureza e impureza não está fora do homem, mas naquilo que sai de dentro dele, como nos ensina o evangelista Mc 7,15. E as ações de reparação foram substituídas pelo amor ao próximo, como nos ensina Mt 25, 31-46.

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 19

Publicado em: 18/11/2014

 

Há alguns preceitos cerimoniais neste capítulo, mas na sua maioria eles são morais. Deus nos quer Santos!  Esta é a razão principal das exigências daquela época,  que separavam as práticas mundanas da mortificação da carne para uma completa devoção ao Senhor. Nos dias de hoje também somos convidados à Santidade.  Nosso Deus continua nos pedindo para trilharmos o caminho do bem, não maltratando nosso corpo, nosso próximo, nossos idosos, nossas crianças,  sendo  solícitos  na  sociedade  e  na  comunidade,  amando  e  cuidando  de  nossos  pais, ofertando do que temos para que os nossos irmãos não passem necessidades. As exigências deste capítulo podem,  nos dias de hoje,  nos parecer muito rígidas, mas nosso Deus é o Deus do amor e o que nos pede é possível de ser cumprido sempre que também estivermos cheios de seu amor. 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 18

Publicado em: 17/11/2014

 

Depois de uma breve exortação a não imitar os costumes egípcios, encontramos a lei que limita as relações sexuais entre familiares ou pessoas muito próximas à família, o adultério, o homossexualismo, a bestialidade, a proibição de se deitar com uma mulher no seu período menstrual. 

No meio destas restrições encontramos a proibição de oferecer os filhos a Moloc (v.21), provavelmente uma divindade Cananéia. 

O objetivo destas restrições é uma só: não se deixar manchar por esses pecados como se mancharam os povos que o Senhor irá castigar e expulsar diante D’Ele, pois Deus é o Senhor. (cf. vv. 24-30).

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 17

Publicado em: 16/11/2014

 

Começa aqui a Lei de santidade, onde serão apresentadas orientações para várias realidades do povo de Israel. Este capítulo contém as orientações sobre as imolações e sacrifícios. E esta Palavra hoje nos dá uma importante orientação em relação ao sangue das vítimas oferecidas em sacrifício (v. 11):

“Por que a vida da carne está no sangue. E este sangue eu vo-lo tenho dado para fazer o rito de expiação sobre o altar, pelas nossas vidas; pois é o sangue que faz expiação pela vida.”

É fundamental que olhemos para este trecho da Escritura tendo no coração a paixão e morte de Jesus. Ele, pelo seu sangue, realizou o verdadeiro e eterno sacrifício. É importante lermos este capítulo de Levítico e compará-lo ao capítulo 9 da Carta aos Hebreus, principalmente os versículos 22 a 24:

“Segunda a Lei, quase todas as coisas se purificam com sangue; e sem efusão de sangue não há remissão. Portanto, se as cópias das realidades celestes são purificadas com tais ritos, é preciso que as próprias realidades sejam purificadas com sacrifícios bem melhores que estes! Cristo não entrou num santuário feito por mão humana, réplica do verdadeiro, e sim no próprio céu, a fim de comparecer, agora, diante da face de Deus a nosso favor.”

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 16

Publicado em: 15/11/2014

Neste capítulo o Senhor fala com Moises sobre os dois filhos de Aarão que morreram por terem se aproximado do Senhor.

O Senhor pediu para Aarão não entrar mais no santuário, no local além do véu, para que ele não morra. Depois o Senhor fala como ele teria que entrar:

“Eis como Aarão entrará no santuário: tomará um novilho para o sacrifício pelo pecado e um carneiro para o holocausto. Revestir-se-á da túnica sagrada de linho, levará sobre o corpo um calção de linho, cingir-se-á dum cinto de linho e porá na cabeça um turbante de linho. Estas são as vestes sagradas, que ele só vestirá depois de se ter lavado. Receberá da assembléia dos israelitas dois bodes destinados ao sacrifício pelo pecado e um carneiro para o holocausto.” (versículos 3 – 5)

Depois Aarão oferecerá por si mesmo o touro em sacrifício pelo pecado e fará então a expiação dos seus pecados e de sua casa.

O Senhor orienta sobre como tudo deve acontecer e como diz no último versículo desde capítulo (versículo 34): Aarão, fez tudo como orientou o Senhor a Moises, pela expiação dele, da sua família e do povo.

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 15

Publicado em: 14/11/2014

 

Os casos de impureza tratados neste capítulo não são apenas as enfermidades contagiosas, mas também a simples ejaculação seminal do homem e a menstruação da mulher. A lei das impurezas sexuais são tratadas no mesmo sentido que as infecções, perigosas por causa da secreção e do sangue.

Não podemos esquecer que todas as leis do livro do Levítico foram orientações amorosas dadas por Deus para benefício do seu povo. Foram dadas para a sociedade daquela época com as limitações que tinham.

Nesta palavra de hoje, vejamos o carinho que Deus tem pela humanidade. Mesmo com os avanços da ciência, Deus nos fala que tudo o se refere à fecundidade e à reprodução humana tem cárater misterioso e sagrado, pois possui o dedo do Criador.

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 14

Publicado em: 13/11/2014

 

Como visto, esse capitulo consiste na descrição das leis de como deveriam agir os sacerdotes com relação a purificação higiênica e cerimonial, pois algumas doenças de pele provocam impureza, e a limpeza tem de ser realizada não só as pessoas, mas também as roupa e casas, deste modo, existe a necessidade de certo isolamento.

“Essa é a legislação referente a qualquer tipo de infecção de lepra, ou sarna, a infecções leprosas de vestes e de casas, a tumores, pústulas e erupções da pele, para ensinar quando alguma coisa é pura ou impura (54-57).”

Portanto, mais do que um simples manual contendo as leis da limpeza e purificação, trata-se das primeiras revelações detalhadas de Deus sobre a restauração dos homens que por algum motivo acabam se perdendo, este sim, podemos entender como sendo um dos principais ensinamentos deste capítulo.

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 13

Publicado em: 12/11/2014

 

Em todo o capítulo, a preocupação diante de uma doença altamente contagiosa e sem qualquer esperança de cura, ai prescrições certamente vindas de Deus que se manifesta por sua Palavra. O isolamento para preservar os que estão sãos.

Mas privilegiados que somos devemos nos lembrar que para Deus nada é impossível, e que, Jesus cura os dez leprosos. É a evolução da história e o aprendizado que devemos observar pelo conhecimento da Palavra. 

Dez entre os leprosos são os que gritam de longe chamando a atenção de Jesus, implorando seu auxílio; depois de ficar limpos e apresentarem-se ao sacerdote para que lhes desse o “certificado” de pureza, um só volta atrás para agradecer a Jesus. (Lc 17, 12-19). Os outros nove estavam mais preocupados com a questão legal – simbolismo do Israel obstinado.

Daí-nos Senhor a cura de nossas chagas corporais e espirituais, sobretudo um coração agradecido por tudo que fez e faz por nós.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 12

Publicado em: 11/11/2014

 

Encontramos neste capítulo leis que continuarão a descrever as purificações cerimoniais, para obtenção da santidade, agora para as mulheres depois de um parto. 

O tempo em que vivemos e nosso estudo da palavra até agora, nos levam a contemplar essa passagem, com um olhar dos que já conhecem o mistério pascal de Cristo, que carregou em seus ombros todo o pecado do mundo. Essas leis e normas tão rígidas de serem cumpridas, tinham por objetivo fazer com que as mulheres daquele tempo conquistassem novamente a pureza  e com ela o direito de se reaproximar do sagrado.

 A cultura sobre o pecado original permeia todo o procedimento de purificação destacado nesta lei. O nascimento de uma criança já não era mais um ato de alegria, porque aos olhos deles no parto chegava mais um pecador ao mundo.

Mesmo sendo o menino Jesus livre de todo pecado, Maria e José, depois de ter completado os dias da purificação dela, levam Jesus no templo, e fazem a oferta de um casal de pombos, obedecendo aos costumes e aos preceitos religiosos daquela época.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 11

Publicado em: 10/11/2014

 

O capítulo 10 de Levítico encerrou o segundo tema do livro, que é a “consagração dos Sacerdotes”. A partir do capítulo 11 inicia-se a terceira parte, que trata do tema “o puro e o impuro”.

 Todo o capítulo 11 aborda quais são os animais puros e impuros, segundo as leis que Deus passou a Moisés e a Aarão. Assim, os animais puros são aqueles que o Povo de Deus pode consumir. Por outro lado, os impuros são aqueles impróprios para o consumo. Deus ainda ensina ao seu povo como devem proceder se acaso tocarem ou, indiretamente, tiverem contato com os cadáveres dos animais impuros.

 Mas qual seria a importância de tais regras? Ao enumerar quais são os animais puros e quais são os impuros, Deus convida seu povo a ser santo e viver em santidade: “Eu sou Javé, o Deus de vocês. E  vocês foram  santificados e se tornaram santos, porque eu sou santo”(v.44), “… sejam santos, porque eu sou santo”(v. 45).

 Hoje, convivemos com todo tipo de impureza que, em linhas gerais, é tudo aquilo que nos afasta de Deus, que nos faz viver sem a observância de seus mandamentos. Por outro lado, a pureza é tudo aquilo que nos faz estar em harmonia com Deus.

 Por isso, tanto para o Povo de Israel, quanto para nós, observar as leis de Deus significa estar em comunhão com Ele, viver longe das impurezas e praticar tudo o que é puro, a fim de que levemos uma vida santa como o Pai espera de nós.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 10

Publicado em: 09/11/2014

 

“Então, da presença de Javé saiu um fogo que os devorou, e eles morreram na presença de Javé.” Versículo 2.

Deus pode fazer o mal? A resposta é clara, não! O povo de Deus não tinha a revelação toda no Antigo Testamento, Deus foi um pedagogo, foi se revelando aos poucos, por isso em muitos trechos da escritura associam-se a Deus fenômenos que eles não tinham como explicar. Deus estava separando e preparando seu povo, por isso, em alguns momentos Deus se mostra vingativo e ciumento. Talvez fosse a melhor forma que Deus encontrou para se revelar nos primórdios do judaísmo.

Deus é misericórdia e justiça, nesse episódio aparece claramente sua justiça. O justo na sagrada escritura é o mesmo que santo. Por tanto, sejamos santos como o Pai é Santo.

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 9

Publicado em: 08/11/2014

 

Holocausto vem do hebraico ‘olah, que significa “subir” e indica o fumo da vítima que sobe para Deus. A sua característica essencial era a vítima ser totalmente queimada, não ficando para o sacerdote mais do que a pele. Antes do sacrifício, o sacerdote colocava as mãos sobre a vítima, em sinal de que lhe pertencia, reclamando, assim, os benefícios do seu sacrifício. Este sacrifício pretendia reconhecer o direito absoluto de Deus sobre todas as coisas.

Deus é o senhor de todas as coisas e tudo o que fazemos em sacrifícios lhe agrada, hoje não oferecemos mais holocaustos de animais mortos ao Senhor mas podemos sim oferecer-lhe pequenas mortificações, pequenos sacrifícios que além de nos ajudar como pessoas, nos aproximarão de Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 8

Publicado em: 07/11/2014

 

Assim como Deus grava a lei, torah, em tábuas de pedra e as entrega a Moisés, numa espécie de cerimônia litúrgica (Ex 24), aqui o autor apresenta – também numa solene cerimônia - a consagração de Aarão e toda tribo dos levitas como sacerdotes ungidos por Deus através de Moisés para que assumam a responsabilidade de oficiarem o culto sagrado.

A celebração é realizada numa determinada sequência: convocação da comunidade (3), banho (6), investidura (7-9, 13), unção (10-12), sacrifício (14-30), partilha e banquete (31-35) conclusão (36); tudo segundo a ordem de Deus dada a Moisés.

Todo esse ritual está de acordo com os costumes e a linguagem da época, como, por exemplo, a referência ao lado direito (23), considerado o lado primário da ação e da boa sorte.

Hoje a comunidade é convocada para a participação na missa e na celebração dos sacramentos; os sacerdotes são também consagrados (em um rito diferente, mas igualmente cerimonioso) e os animais sacrificados são substituídos pelo próprio Jesus, como descrito nos capítulos 8 e 9 da carta aos hebreus. Vale a pena consultar.

Faz-nos, Senhor Jesus, valorizar o sacrifício da Missa, participando atentamente de cada momento e revivendo com devoção a sua morte e ressurreição por amor a nós.

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 7

Publicado em: 06/11/2014

 

A fim de realizar a salvação e restaurar o homem ao seio de seu Criador, era preciso prover um meio de acesso a Deus. Apresenta-nos, assim, uma série de medidas de caráter religioso que representavam formas mediante a qual Deus redime os perdidos, separando-os de seus pecados e suas consequências. Os diversos sacrifícios, por assim dizer, da morte de Cristo no Calvário, onde aquele que não tinha pecados sofria a ira de Deus em nosso lugar, para que pudéssemos ser salvos de nossas culpas.

Os rituais e os sacrifícios eram ofertados para:

A oferta pela culpa

5. O sacerdote queimará tudo no altar, como oferta queimada para o Senhor. Trata-se de um sacrifício de reparação.

A oferta de paz/comunhão

11. Esta é a lei do sacrifício de comunhão que se oferece ao Senhor.

Proibido comer sangue e gordura

25.  Pois todo aquele que comer gordura de animal oferecida ao Senhor para ser consumada pelo fogo, será eliminado do povo.

26. Não comereis sangue algum, nem de ave, nem de animal, em nenhuma de vossas moradias.

A porção de Arão e seus filhos destinadas aos sacerdotes

31. O sacerdote queimará a gordura no altar, e o peito ficará para Aarão e seus filhos.

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 6

Publicado em: 05/11/2014

 

Neste capítulo observamos a organização minuciosa do culto, os direitos e deveres dos sacerdotes sobre a lei do holocausto (lei sobre o fogo). Aqui estão dispostas as normas para as diversas classes de sacrifícios: a oferta vegetal (oblação), o sacrifício expiatório, o penitencial e os de comunhão. 

Naquela época, fazer fogo não era tarefa nada fácil: precisava-se manter algum fogo ou tição. E o fato de estar encomendado a um sacerdote indicava que não era um fogo qualquer, mas um “fogo sagrado”. O Holocausto devia queimar a noite toda e “deverá arder sem se apagar” (v.5).

O culto era oferecer animais como sacrifício a Deus, mas Pedro em sua epístola nos conclama a oferecer nossos corpos como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus (Rm 12,1). E através do nosso Batismo também somos sacerdotes, somos a oferta e o ofertante. Sou eu quem devo queimar sobre o altar do Senhor. 

No entanto, a correria da vida, o stress, as milhões de atividades nas quais nos envolvemos nos impedem de ter uma experiência mais profunda com o Pai. “É um fogo que há de arder sobre o altar continuamente sem se apagar” (v.6). Há quanto tempo não ardemos de amor? Como está nosso fogo, ou as brasas, quem sabe as cinzas? Ao revolvê-las decerto sairá faíscas. Falamos muito, oramos pouco e fazemos menos ainda. Lembremo-nos da noite no Getsêmani: “Nem sequer pudeste vigiar uma hora comigo?” É na oração que somos renovados e abastecidos diariamente. É n’Ele que acendemos a lenha para nosso fogo arder.

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 5

Publicado em: 04/11/2014

 

Trata este capítulo das diversas espécies de sacrifícios que os israelitas tinham de oferecer para alcançar uma vida pura e santa. Os diferentes tipos de sacrifícios e ofertas atendiam a dois propósitos principais: o primeiro era o de demonstrar adoração, gratidão e devoção; e o segundo expiar a culpa e o pecado cometido. As ofertas de animais indicavam que a pessoa entregava a sua vida a Deus por meio da vida do animal sacrificado. Através do sacrifício e das ofertas o povo aprendia sobre o custo do pecado e também que não era possível por si só obter o perdão. A salvação proposta por Deus diz que uma vida precisa ser dada em lugar de outra vida. No Antigo Testamento, o animal oferecido em lugar da pessoa era uma medida provisória e temporária, que estava esperando o sacrifício definitivo de Jesus, que removeria o pecado de todos aqueles que o recebessem como Senhor e Salvador. O custo de cada oferta levava em conta o poder aquisitivo do ofertante. A pomba era a oferta do pobre e uma porção de farinha era a oferta do muito pobre. Maria e José oferecem um casal de pombos quando vão ao templo, sinal de uma vida simples e de poucas posses materiais.Para nossa reflexão de hoje: Ninguém é tão pobre que não tenha nada a oferecer para o Senhor no dia de hoje!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 4

Publicado em: 03/11/2014

 

Os sacrifícios estipulados no Levítico tem sempre o objetivo de restabelecer as relações com Deus, interrompidas pelo pecado. Este quarto sacrifício, aqui relatado, é por pecados cometidos inadvertidamente contra o culto e o ritual.

Convém ressaltar que, de acordo com a categoria da pessoa, sua falta poderia contaminar todo o povo e assim colocar em perigo toda a nação, caso do sumo sacerdote (v.3).

A preocupação básica era que a impureza contraída pelo pecado era incompatível com a pureza de Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 3

Publicado em: 02/11/2014

 

Aqui estamos diante das instruções para se realizar o “sacrifício da comunhão”, a forma como o adorador devia ofertar os animais, que deviam ser livres de defeitos; o seu sangue era derramado em volta do altar e a gordura era queimada no altar, como “oferta de suave odor para Javé” (v. 5). Sangue e gordura representavam o mistério da vida e, sendo Deus o seu senhor absoluto, a ele eram ofertados.

Notamos que neste sacrifício era permitido ao adorador e à sua família alimentar-se da carne do animal imolado. Isto se passava porque o “sacrifício da comunhão” equivalia a uma “oferta de paz”, de bem estar com Deus, uma verdadeira homenagem de gratidão a Deus e de agradecimento pela felicidade, saúde e outros benefícios que o Pai concedia aos seus filhos. Assim, a refeição final representava a amizade de Deus com os homens.

Atualmente, renovamos nossa amizade com Deus cada vez que seguimos os seus mandamentos, principalmente quando concretizamos o nosso amor pelo próximo, amando-o como o Cristo, que por nós foi imolado, nos amou (Jo 13, 34).

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Levítico, Capítulo 2

Publicado em: 01/11/2014

 

Nos primeiros capítulos do terceiro livro do Pentateuco (1 – 7), Levítico (que vem do nome ‘filhos de Levi’) pessoas que dedicavam suas vidas a organização do culto, nos fala sobre o ritual dos sacrifícios, oferendas, sacrifícios e regras para os sacerdotes.

Em especial no capitulo 2 nos é explicado sobre como fazer uma oblação. O que é uma oblação? Ação pela qual se oferece qualquer coisa a Deus. Qualquer oferta ou oferecimento.

Oferenda, dádiva, dom, oferecimento, oferta entre outros, são sinônimos de oblação.

Nos dias de hoje vivemos em cada missa a oblação ao Senhor no momento do ofertório onde oferecemos pão de vinho, que serão transformados no corpo e sangue do Nosso Senhor Jesus Cristo. 

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:

Antes de conferir a reflexão, faça a leitura do texto bíblico 

Área pessoal




Esqueceu sua senha? Recupere aqui.
Ainda não tem Cadastro? Cadastre-se aqui.





Leituras

Livro - A Bíblia no meu dia-a-dia

Cronograma

Cronogramas


Escolha um livro




Arquivo

 

Total de visualizações de página:

5.940.685


Desenvolvido e Hospedado por Cedilha Comunicação Digital Realização Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora Paróquia Sant'Ana