Bíblia Diária - Para uma leitura diária e frutuosa da Palavra de Deus!
Clique aqui para criar a sua área pessoal

Leitura do dia:
Jó, Capítulo 33

Publicado em: 30/06/2014

 

Diferente dos amigos, Eliú chama Jó pelo nome(vv. 1 e 31).

Jó considera Inocente e persistiu durante toda sua defesa que Deus o abandonara e o tratou como inimigo, Eliú mostra seu equívoco: “Pois é nisto que estás errado, digo-te eu, porque Deus é maior que o ser humano”v.12.

Deus fala, mas Jó não escuta, seja através de sonhos, visão noturna ou até mesmo no leito com o sofrimento (vv.15 e 19).

Eliú menciona um mediador celestial que ajuda os pecadores a se arrependerem. Jó desejou este mediador :”Pois vede: no céu está a minha testemunha , o meu fiador, nas alturas.” (Jó 16,19), mas aguardava dele outra coisa.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 32

Publicado em: 29/06/2014

 

Após os três ciclos de arrazoados de Elifaz, Baldad e Sofar, diante das queixas de Jó, dá-se início a quatro discursos de Eliú.

Eliú, filho de Baraquel, de Bus, da família de Ram, indigna-se contra Jó, pelo fato de se proclamar justo diante de Deus, bem como contra seus três amigos, Elifaz, Baldad e Sofar, por apenas terem condenado Jó, sem terem achado respostas às suas queixas. 

Assim, como de fato os três amigos não conseguiram arrolar argumentos convincentes, o autor introduz um novo personagem, Eliú, que representa uma escola nova, em que o sofrimento é educação por Deus, em contraposição aos três anciãos que representavam a tradicional teologia da retribuição (o sofrimento é uma paga).  

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 31

Publicado em: 28/06/2014

 

Neste capitulo Jó faz seu protesto perante o que estava vivendo, questiona-se sobre o que pode ter feito de errado, aonde falhou na sua conduta.

No versículo 4 ele diz assim: “Por acaso Deus não vê os meus caminhos e não conta todos os meus passos?” E no versículo 6 fala: “Deus pode pesar-me na balança da justiça, e então reconhecerá a minha integridade.”

Sabemos que Jó sofreu muito e sempre foi uma pessoa que confiava em Deus. Neste capitulo ele levanta muitas perguntas sobre a sua postura de vida e se em algum momento deixou de ajudar alguém ou mesmo se sua mente o traiu.

Paro para pensar nas vezes que nos questionamos também e perguntamos a Deus coisas como Jó perguntou. Já vi muitas pessoas dizendo o que Jó disse no versículo 4 ou mesmo o que diz no versículo 6.

Você, lendo este capitulo, se identificou com algum questionamento de Jó? Qual o versículo que te chamou mais a atenção e por quê?

Somente não podemos esquecer de uma coisa: Deus sempre cuida de nós, por mais que em algum momento, achamos que não! Deus é muito mais do que pensamos!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 30

Publicado em: 27/06/2014

 

Jó continua a defender seu ponto de vista. Ele não merece as desgraças que aconteceram em sua vida, por mais que seus visitantes queiram convencê-lo disso. No seu lamento, afirma que se tornou objeto de zombaria das piores pessoas da sociedade, ele que sempre ajudou a quem precisava. Tanto que Jó afirma:

“Não chorei junto com o oprimido? Não tive compaixão do indigente? Eu esperava a felicidade, mas veio a desgraça; eu esperava a luz, mas veio a escuridão.” (vv. 25 e 26).

Diante do escândalo do mal, temos a mesm incompreessão de Jó. Como podem os maus serem felizes e nós, que procuramos ser fiéis ao Deus verdadeiro, termos tantos sofrimentos?

Muitas vezes, Deus responde nossas súplicas durante o sofrimento com o seu silêncio. Mas é um silêncio fecundo, que a seu momento produzirá frutos de conversão para nós e para os que convivem conosco.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 29

Publicado em: 26/06/2014

 

Jó conclui que seu sofrimento não se deve ao seu pecado, não contem ulguma razão mais profunda e que somente Deus conhece. Fala de sua prosperidade anterior, de sua vida piedosa e benevolente. agora está vivendo o desprezo em contraste da honra que vivera anteriormente. Reconhece-se miserável e com sua esperança perdida . permanece no seu voto de inocencia. Jó busca as respostas de Deus, não entendendo o porque de toda provação.

Assim é a nossa vida com apenas uma pequena provação nos levar aos questionamentos mais profundos acerca das misericordias de Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 28

Publicado em: 25/06/2014

 

“Mas a sabedoria onde se encontra? Onde está o lugar da inteligência? (12)

“De onde vem, pois a sabedoria? Qual é o lugar da inteligência? (20) 

É preciso entender que aqui se fala da sabedoria e inteligência divina, dons do Espírito Santo. 

“Deus conhece o caminho para encontra-la e é Ele quem sabe  lugar,....” (23) 

E Deus nos mostra o caminho para adquiri-las em sua Palavra no Livro dos Provérbios 1,7 que diz: “O Temor do Senhor é o princípio da Sabedoria”. Vê-se então que é preciso primeiro ter o dom do “Temor de Deus”, que nos é dado pela Palavra no Livro do Deuteronômio 14, 22-23 que diz “Porás á parte o dízimo de todo fruto de tuas semeaduras, de tudo que o teu campo produzir cada ano..... , para que aprendas a temer o Senhor, teu Deus, para sempre”. 

Parece-nos estranho, mas Deus começa em nós pela parte que nos é mais difícil: o bolso.

Entregar o dízimo é a melhor forma de desapego as coisas materiais, para que Deus possa ser assim o centro de nossas vidas, isto é Temor de Deus, isto é sabedoria, isto é inteligência.

Amar a Deus acima de tudo e em primeiro lugar!!!!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 27

Publicado em: 24/06/2014

 

Os três amigos parecem terem desistidos de convencerem Jó que ele estava errado, já que tinham recebido de Jó contundentes respostas sobre a sua inocência. Ele aproveitou para dizer tudo o que queria neste discurso sem ser interrompido por eles. 

Começou defendendo solenemente a sua integridade e declarou a sua resolução de mantê-la. Exaltou a Deus chamando-o de Todo Poderoso, o Deus que vive e apelou para Deus como o seu único juiz e soberano.

No entanto, queixou-se, que Deus havia tirado a sua justiça, fazendo com que ele parecesse ser uma pessoa injusta diante de todo mundo, colocando-o em uma situação difícil sem o ter socorrido. Jó estava cansando de esperar.

Confiante de não ser merecedor dos castigos que sofria, Jó acreditava que a ira de Deus se voltaria para a o ímpio, que apesar da sua longa prosperidade, ao final passaria por muita infelicidade e a maldição a que estará sujeito seria transmitida a toda a sua família.

Aquele que crê se mantem fiel, mesmo quando enfrenta provações. Jó deu testemunho desta fidelidade para nos ensinar a fazer como ele, que acreditou sempre na justiça praticada por nosso Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 26

Publicado em: 23/06/2014

 

A resposta de Jó a seus amigos é feita com desânimo, já que eles falharam em demonstrar misericórdia e compaixão para com alguém que estava sofrendo e muito fraco. Mesmo assim nunca deixou de compreender a grandeza do seu criador, relatando a seguir as maravilhas do que Deus era capaz de fazer.

Jó lembra a seus amigos que para Deus tudo é possível e visível, até mesmo a morada dos mortos, quanto mais os fatos que estavam acontecendo no mundo dos vivos. Seu poder é tão grande que estende o firmamento sobre o vazio e suspende a Terra sobre o nada.

 

Jó queria que seus amigos compreendessem que mesmo estando inconformado com as desgraças injustas que passava, ele e sua família, sabia da força do Todo-Poderoso, mas continuaria proclamando-se justo e temente a Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 25

Publicado em: 22/06/2014

“Pode o homem ter razão diante de Deus?” (Versículo 4).

Atualmente observamos essa frase ao avesso, “Pode Deus ter razão diante do Homem”. Vivemos o antropocentrismo, o homem é o centro de tudo, ou pelo menos quer ser. Ele se auto intitula deus, faz o que quer, como quer e a hora que quer, nos tornamos filhos rebeldes, contrários a vontade do Criador e a suas determinações. 

Podendo haver um só deus, o homem assim se coloca, tirando o verdadeiro Deus de suas vidas. Estamos construindo uma nova Torre de Babel, pois, queremos chegar até Deus, ser da mesma estatura Dele, estar na mesma posição Dele. Essa foi a primeira tentação “sereis como deuses”, gênesis 3.

Senhor converte os nossos corações para Ti, perdoa-nos, pela nossa arrogância e soberba. Nós reconhecemos nossa pequenez, diante da sua grande Majestade. Ensina-nos a ama-lo acima de tudo e de todos. Amém! 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 24

Publicado em: 21/06/2014

 

Neste capítulo vemos o questionamento de Jó sobre a injustiça, os ímpios merecem a misericórdia de Deus? Deus admite a injustiça?

Ele coloca que Deus retribui o bem e o mal, ao modo das nossas atitudes, e isso pode provocar juízos muito injustos: da miséria da pessoa se deduz sua culpa, como se o pobre fosse culpado de sua pobreza.

Jô ainda não aprendeu e não vivenciou a grandeza de Deus e seus mistérios...

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 23

Publicado em: 20/06/2014

 

A resposta de Jó aos questionamentos de Elifaz, apresentados no capítulo anterior, é, primeiramente, uma queixa triste, uma lamentação: há nele uma revolta interior, pelo fato de viver a gravidade do sofrimento, sem compreender sua razão.

Jó não se conforma com os representantes oficiais da religião que, como esses amigos, se apoiam numa doutrina tradicional e rotineira. Jó quer um confronto sincero e direto com Deus (3); está convencido de sua inocência, por isso quer uma chance de comparecer pessoalmente diante de Deus para expor seus argumentos (4) e ouvir as “razões” de Deus, mas não consegue encontrá-Lo (8-9).

Jó confia em Deus e na sua justiça, mas sabe que Deus é livre para tomar as decisões e agir como quiser. Diante disso Jó se apavora e afirma preferir “desaparecer nas trevas”, ou seja, prefere morrer.

Também nós, muitas vezes, não compreendemos porque Deus permite que aconteçam tatás injustiças, tantas barbaridades, tanto sofrimento à nossa volta ou conosco mesmo. O livro de Jó nos ensina, primeiramente, que devemos nos apresentar a Deus com sinceridade de coração e não com fingimentos, devemos enfrentar com coragem e determinação aqueles que questionam nossa fé, e devemos aprender a aceitar os silêncios e/ou as ausências de Deus com persistência e confiantes na Sua justiça.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 22

Publicado em: 19/06/2014

 

Pela terceira vez Elifaz vai falar, e traz novamente a discussão sobre a retribuição aplicada à vida das pessoas: Deus dá prosperidade e saúde somente aos bons e aos ímpios cabem as desgraças, pois não são justos.

Como Jó está sofrendo, Elifaz conclui que Deus o está castigando, e relata as suas maldades. De acordo com Elifaz, as qualidades de um “governante ideal” foram ignoradas pelo rico Jó. Portanto, agora ele está cercado de armadilhas, como o medo e a escuridão.

Elifaz compreende que Deus está no alto e vê as estrelas e galáxias. Ele discorda do pensamento de Jó, de que Deus não pode saber o que está acontecendo aqui na terra, porque “nuvens espessas o impedem de ver” a humanidade.

Somente se Jó se arrependesse e “fizesse as pazes com Deus”, ficaria em paz e a luz brilharia novamente em seus caminhos.

 

Não sejamos enganados pensando que nosso Deus não nos observa o tempo todo, e por toda a vida. Se todo fio de nosso cabelo é de seu conhecimento, também serão as nossas atitudes e a generosidade para com o nosso próximo.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 21

Publicado em: 18/06/2014

 

Jó desmascara a ideologia da prosperidade. Sofar, no capítulo anterior disse: “Acaso não sabes que a alegria dos iníquos é breve e que o gozo dos ímpios dura um momento?” Jó retruca: “Por que então os ímpios continuam a viver, envelhecem e tem o conforto das riquezas?  E conclui: “Ambos, contudo, dormirão juntos no pó e os vermes os cobrirão.”

O modo de pensar de Jó afasta a ideia de um Deus cobrador e o pensamento da retribuição. O fato de Deus retribuir o bem e o mal ao modo humano, pode levar a interpretação equivocada de que os pobres são culpados de sua pobreza e que os ricos são um poço de virtude. 

Mas sabemos, cremos e experimentamos o amor de Deus perfeito, gratuito, por isso é Graça, não é utilitarista. Deus nos ama, nos amou e amará eternamente. Somos seus filhos, feitos a sua imagem e semelhança.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 20

Publicado em: 17/06/2014

Sofar vai partilhar seus conhecimentos e partilhar seu entendimento do que acreditava estar acontecendo com Jó, nos versos de 1 a 3.

Ele relembra Jó de que a vida e a prosperidade dos ímpios são breves, este fato é conhecido desde a antiguidade e Jó sabia disto. Sua posteridade não gozará de sua prosperidade, e o ímpio morrerá jovem, isto é, em sua plena força.

Sofar detalha o pensamento daquele povo: O mal é como um delicioso pedaço de alimento que o ímpio mantém à boca, saboreando o gosto e desejando degustá-lo até o fim. Mas quando ele engole, o mesmo alimento é transformado em veneno, e Deus o punirá, este julgamento é certo e completo.

No capítulo seguinte Jó irá dar sua resposta a Sofar, pois não concorda com as colocações do amigo, já que se considerava um homem justo e honesto, não tinha explicação para seus sofrimentos.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 19

Publicado em: 16/06/2014

 

As experiências que Jó passou parece  chegar ao  limite quando seus amigos e seu próprio pensamento não compreende com exatidão a resposta de toda provação.

Os discursos corretos ou não chegam a incomodar: “Ate quando afligireis a minha alma e me magoareis com vossos discursos?” v.2.

Para Jó Deus o afligiu (cf. v.6) e seus amigos e familiares o abandonaram (cf. vv. 13-19), mas a esperança de Jó o acompanha:”Pois eu sei que meu redentor esta vivo e que, no fim, se levantará sobre o pó... e eu mesmo o verei” (vv.25-27).

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 18

Publicado em: 15/06/2014

 

Deparamos-nos aqui com o segundo discurso de Baldad, que critica as respostas de Jó, colocando-as como palavras ao esmo e ditas sem prévia compreensão e meditação sobre a atuação de Deus Pai na vida de seus filhos. Baldad completa seu discurso discorrendo sobre a vida e os infortúnios do iníquo, de quem não conhece a Deus: “Tais são as tendas do iníquo: este é o lugar de quem não conhece a Deus”(21). 

Irmãos, esta passagem nos impulsiona a buscar um coração puro, com sementes do amor de Deus e fiel aos seus ensinamentos, porque aí reside a força do cristão nos diversos momentos que fraqueja diante da vida ou em que ousa sentir-se esquecido pela graça de Deus. 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 17

Publicado em: 14/06/2014

 

“Onde está a minha esperança? Alguém viu a minha esperança por aí?” (versículo 15)

Você já se fez esta pergunta?

Esperança é acreditar que mesmo quando algo parece impossível, tudo vai dar certo. É o pensamento positivo, é a perseverança... É a fé! Costumo dizer também que é a esperança cega que eu tenho na misericórdia de Deus! 

Jó estava sofrendo muito por não ver o que queria acontecer, muito pelo contrario, as coisas só pioravam, por isso questiona a sua fé. “Os meus dias passam, e fracassam os meus projetos e os desejos do meu coração.” (versículo 11)

Sejamos fortes! Deus nunca nos dá sofrimento que não podemos suportar, as vezes pode ser difícil ouvir isso, principalmente se você sofre, mas somente o Senhor é o consolo do nosso coração. Afinal, o que seria de nós sem o nosso Deus?

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 16

Publicado em: 13/06/2014

 

Jó continua a dialogar com seus três interlocutores. Agora, responde a Elifaz, e pode-se perceber no seu discurso a sua tristeza, a sua falta de esperança, e mesmo a sua irritação com os argumentos de seus amigos.

Porém, uma leitura atenta a este capítulo pode demonstrar detalhes preciosos, que podem passar despercebidos. Jó, mesmo no seu infortúnio, é um homem de oração! Ele faz um diálogo intenso com Deus, não só com palavras, mas principalmente no íntimo do seu coração. Comprovam isto os versículos 17 e 20:

“Entretanto, não há violência em minhas mãos e minha oração é pura”. (v. 17). “Minha oração subiu até Deus, meus olhos choram diante dele.” (v. 20).

Nos momentos de sofrimento, não percamos a melhor ferramenta para estas situações: a oração profunda e verdadeira.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 15

Publicado em: 12/06/2014

 

Aqui inicia a segunda fase de discursos na qual os amigos de Jó se mostram mais e mais impacientes na tentativa de convencê-lo de pecado grave. Imploram para que Jó se arrependa, ele se recusa, pois está convicto de sua inocencia. Eli faz ensina corretamente a doutrina do pecado herdado e da imperfeição moral.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 14

Publicado em: 11/06/2014

Resposta de Jó ao Discurso de Sofar.-

Em seu discurso (capitulo 11) Sofar faz lembrar a grandeza de Deus e seu poder, e que, confiar e permanecer firme N´Ele é o caminho certo a trilhar em qualquer circunstancia.

Jó como resposta lembra a fragilidade humana (1/2), e faz uma comparação entre a vida humana e uma árvore, mostrando que uma árvore pode mesmo que quase morrendo, reviver, mas que o homem uma vez morto, deita para não mais se levantar (12).

Devemos nos lembrar que não teremos uma segunda vida onde seria possível reparar nossa vida diante de Deus. Devemos pois nos cercarmos de pessoas do bem, que nos ajudem e caminhem conosco, que possam, a exemplo de Sofar, nos dizer palavras de conforto e direção para que não aconteça perdermos a graça e a misericórdia de Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 13

Publicado em: 10/06/2014

Continuamos estudando o diálogo de Jó e seus amigos, que se tornam cada vez mais contrários a ele, e não o consolam em suas lamúrias. A teologia tradicional, chamada de Justiça Retributiva, é utilizada por seus amigos em suas acusações. 

Jó exige falar diretamente com Deus o todo poderoso, e discutir diretamente com Ele sem usar seus amigos como intermediários da sua defesa. Jó não concordava com o seus sofrimentos, já que se julgava um homem justo e correto, não merecedor de punições.

Ele atinge o limite mais elevado da sua fé e da sua confiança em Deus no verso 15, ao afirmar: “Ainda que fosse matar-me, eu nele esperaria.” Jó continuaria a confiar em  Deus mesmo depois de morto, aqui sua fé foi elevada até ao limite da eternidade.

Observar a força, a insistência e a firmeza com que Jó se defende, faz-nos suplicantes por nós e por quem amamos e confiamos. Nossas orações são ouvidas não desistamos delas, nem quando a graça demora para acontecer.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 12

Publicado em: 09/06/2014

 

Aqui no Capítulo 12, Jó apresenta sua resposta a Sofar de Naamat. Jó chega a ser irônico e deixa claro que qualquer um tem acesso ao saber e pode argumentar sobre a grandeza de Deus, pois isso não é monopólio de ninguém. (versos 1 a 3)

Jó também deixa claro que Deus desorienta os sábios, ou seja, Ele confunde a sabedoria dos homens, apesar de estes acharem-se demasiadamente inteligentes.

Talvez a mensagem mais profunda que podemos tirar deste Capitulo 12 é que Deus tem o poder absoluto, pois como vemos nos versículos 13 a 25 “13.Em Deus estão a sabedoria e a força, a ele pertencem a perspicácia e a inteligência. 14.O que ele destrói, ninguém reconstrói; se ele aprisiona, não há escapatória”.

Por isso, sejamos vigilantes e não nos vangloriemos da nossa inteligência. Nós, que estamos bem, devemos acudir os que se encontram em dificuldades: quem está seguro jamais deve desprezar ou zombar dos que não estão; e o forte, ao invés de desprezar o fraco, deve recebê-lo. (cf. Romanos 14, 1-4).

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 11

Publicado em: 08/06/2014

 

“Você terá tranquilidade na esperança e, olhando ao redor, se deitará tranquilo.” (Versículo 18).

Quantas pessoas hoje correndo atrás do vento, se agitando em busca de um sentido pra vida. A Esperança com E maiúsculo, é a esperança que se alicerça na pessoa de Jesus. Somente tendo esperança é que aceitamos nossas cruzes, nossas dores e derrotas. Pois, quando somos francos é que somos fortes, diz São Paulo. Devemos nos exercitar em aprendermos a nos colocar nas mãos de Deus, na sua santa vontade, sabendo que aqui é o melhor lugar. O mundo se apoia nas coisas, nas pessoas e nas estruturas deste mundo nós, porém, nos apoiamos em Deus, crendo que escolhemos a melhor parte.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 10

Publicado em: 07/06/2014

 

Aqui vemos uma série de discursos de Jó em que ele denuncia a desgraça de seu viver, são compostos de palavras dramáticas, um processo contra Deus porque este não recompensou a piedade e a justiça que marcaram a sua vida.

Vemos nas palavras a “impaciência de Jó”, Deus retribui aos justos o bem aos maus a maldade, e isto nesta vida pois sobrevida ou ressurreição não fazem parte ainda da consciência religiosa de Israel.

As respostas de Jó mostram um Deus incompreensível, ele acha que está sendo castigado por ser culpado. Não consegue ver ainda a misericórdia de Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 9

Publicado em: 06/06/2014

 

No exílio da Babilônia – quando, provavelmente, foi escrito este livro – o povo de Judá, assim como Jó, tinha perdido tudo: família, propriedade, instituições e a própria liberdade.

Era um tempo novo, uma situação nova que exigia uma nova forma de conceber Deus e as relações entre o ser humano e Deus.

Fundamentados na teologia da retribuição, os amigos questionam Jó, e sua crença em Deus. Neste capítulo encontramos mais uma das firmes respostas de Jó; Deus é infinito mistério, mas Seu poder e Sua justiça estão acima de tudo. A Ele cabe a criação, sua modificação e seu arbítrio sobre tudo que existe, inclusive o ser humano. A nós cabe a aceitação dos desígnios de Deus, mesmo que não possamos compreendê-los.

Deus é Deus e o ser humano só consegue aceitá-Lo, em sua plenitude, quando em atitude de humildade, reconhece-se pequeno e dependente de Deus e assim faz uma experiência da presença de Deus em sua vida. É a partir dessa experiência que o ser humano – como Jó – pode proclamar, usando as palavras do Pe. Charles de Foucaud: “Senhor, faze o que quiseres de mim; por tudo que fizeres, eu Te agradeço”.

Esse é o milagre da fé. Esse é o ensinamento profundo do livro de Jó.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 8

Publicado em: 05/06/2014

 

Baldad mostrava ser um homem áspero, rude e insensível. Ele nem dá ouvidos ao clamor de Jó por compaixão, e afirma que Jó e sua família estavam recebendo o que mereciam.

No entender dele, os filhos de Jó semearam a maldade, por isso foi trágica a colheita, Era preciso que Jó se arrependesse, e toda manhã suplicasse ao todo poderoso por misericórdia, só assim poderia ser restaurado e ter prosperidade e felicidade ainda maior do que tinha anteriormente.

Jó precisava ouvir a voz do passado, e aprender com ela. Com uma linguagem ferrenha recitará um poema da sabedoria dos antepassados nos versos de 11 ao 22, para apoiar o seu ponto de vista.

Nossos irmãos precisam de nossa generosidade e não de nossas acusações para fazerem uma verdadeira experiência de Deus, muito mais rica e profunda do que tudo aquilo de Baldad conhecia e impunha como verdade para Jó.

 

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 7

Publicado em: 04/06/2014

 

O capítulo inicia com uma pergunta: “não é acaso uma luta a vida do homem sobre a terra?” Jó se apresenta a Deus como um moribundo (v.7) ou um monstro (v.12) e discute com Deus sobre a forma como trata os homens e a si mesmo. Mas não julguemos Jó, ele tinha boas razões para desejar que sua vida chegasse ao fim. No entanto, reconhece que não pode adiantar o tempo fixado por Deus. 

“No mundo tereis aflições!” Jesus já nos advertiu dos desafios pelos quais iremos passar, cada qual na medida exata das suas forças. “Tanto ao ímpio quanto ao justo Deus julgará, pois há um tempo para cada coisa e para tudo que se faz.” (Ecl 3,17) 

Peçamos ao Senhor Sabedoria para aceitar com resignação o que não pode ser mudado, e coragem para mudar o que é preciso. Amém!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 6

Publicado em: 03/06/2014

 

Um contraste entre o que Jó esperava dos amigos e aquilo que deles recebeu, está detalhado neste capítulo. 

Jó não implorava por auxílio material nem por proteção do opressor, esperava simpatia sincera e uma atitude reta, o que seus amigos não foram capazes de oferecer a ele. Recebeu apenas insinuações contra a sua integridade. O pensamento deles era que se Deus estava “castigando” Jó, ele não poderia ser o homem correto que dizia ser.

As palavras desesperadas de Jó, tiveram uma interpretação fria e literal. Inconformado com este tratamento, Jó lutará muito comparando seu sofrimento a flechas, que espalham veneno por todo o seu corpo causando muito sofrimento, ao ponto dele pensar na morte sem medo.

Jó sustentará a sua integridade, e encara o mundo de cabeça levantada, consciência pura e olhar firme, e no final deste capítulo, pedirá aos amigos que voltem atrás e mudem de pensamento, e os questiona: Não saberei eu distinguir entre o bem e o mal?

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 5

Publicado em: 02/06/2014

 

A continuação do discurso de Elifaz mostra que as desventuras da vida muitas vezes são geradas por nós mesmo: “É a pessoa que gera a fadiga, como os pássaros levantam o voo.” (v.7) e/ou sofrimento pode ser um corretivo ou uma provação que Deus impõe, como a um bom pai: “Feliz o homem a quem Deus corrige! Não rejeites, pois, a repreensão do Poderoso, porque Ele fere mas trata a ferida; golpeia, mas suas próprias mãos curam.”(vv.17-18).

Elifaz continua com a promessa que a fidelidade a Deus traz abundância de vida:”De seis tribulações te livrará e, na sétima, o mal não te atingirá...” (vv.19-26), e termina com uma ordem:”Escuta bem, e tira proveito para ti.”(v.27b).

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Jó, Capítulo 4

Publicado em: 01/06/2014

 

Após a queixa de Jó, no capítulo anterior, como verdadeiros advogados de defesa de Deus, os amigos de Jó, Elifaz, Baldad e Sofar, se revezam em três ciclos de arrazoados, cada vez rebatidos pela resposta de Jó. 

Elifaz, o primeiro no debate, ataca a paciência de Jó, e expõe que a justiça de Deus está fora de dúvidas, porque, seguramente, Deus recompensa os bons e castiga os maus. Como profeta que tem visões, apela, ainda, para a visão noturna que teve, a fim de confirmar que não cabe à criatura confrontar Deus ou com ele discutir.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:

Antes de conferir a reflexão, faça a leitura do texto bíblico 

Área pessoal




Esqueceu sua senha? Recupere aqui.
Ainda não tem Cadastro? Cadastre-se aqui.





Leituras

Livro - A Bíblia no meu dia-a-dia

Cronograma

Cronogramas


Escolha um livro




Arquivo

 

Total de visualizações de página:

5.940.701


Desenvolvido e Hospedado por Cedilha Comunicação Digital Realização Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora Paróquia Sant'Ana