Leitura do dia: Evangelho de Lucas, Capítulo 4

Publicado em 06/01/2012

Ler o Evangelho de Lucas é defrontar-se com a misericórdia e o amor de Jesus, e também com a Sua firmeza diante das tentações do demônio e Sua coragem frente aos judeus das Sinagogas.

Com Jesus Satanás não alcançou o resultado desejado, mas não se considerou derrotado... continua, até hoje, espalhando suas tentações sobre os filhos e filhas amados por Deus. Quantos sucumbem! Não têm forças para resistirem porque lhes faltam orações e comunhão com Cristo.

Já Jesus, rejeitando as propostas do demônio, “voltou para a Galiléia, com a força do Espírito” (14) e numa das Sinagogas lê um trecho do profeta Isaías, que Ele define como Sua Missão: “Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir” (21).

O povo que O escutava menosprezou Sua fala, retrucando: “Não é este o filho de José?” (22b) e Jesus acrescentou “Em verdade vos digo que nenhum profeta é aceito na sua própria terra.” (24)

Ora, se Jesus não foi bem aceito, não devemos nós esperar o reconhecimento e a gratidão daqueles a quem nos dedicamos ou por quem nos sacrificamos... devemos seguir adiante, como Jesus, fazendo o bem, curando os corações atribulados e anunciando a Boa Nova do Reino.