Leitura do dia: Juízes, Capítulo 12

Publicado em 04/12/2012

        

Quando o povo da tribo de Efraim ficou sabendo que Jefté tinha vencido a batalha contra os amonitas, sem os terem convocados, ficaram irados, Eles desejavam ter o reconhecimento daquele feito. Jefté respondeu-lhes que lutou pelo povo de Israel, e que Deus lhes deu a vitória, assim a honra não era do povo, mas do próprio Deus, que nunca lhes faltou.

Muitos morreram neste conflito com os efraimitas, Jefté e os vencedores, bloquearam todas as passagens para o Rio Jordão. A fim de evitar que os sobreviventes escapassem com vida, criaram uma senha e todos que por lá quisessem passar tinham que pronunciar a palavra "xibolet", mas como os efraimitas não tinham o fonema X em seu dialeto, só conseguiam pronunciar "sibolet", então eram reconhecidos e executados a sangue frio.

Como Jefté, muitas vezes somos rápidos em condenar as pessoas quando nos prejudicam, queremos nós mesmos, rapidamente acertar as contas com o irmão ou irmã que nos ofendeu, mas para Deus o acerto de contas não passa pelas nossas mãos, mas pela misericórdia do Pai.